Home ⠀Gerenciamento de Redes Sociais WhatsApp Pay: pagamentos integrados e facilitados no mensageiro

WhatsApp Pay: pagamentos integrados e facilitados no mensageiro

Ilustração de boneco segurando o celular na página do Whatsapp Pay

Em junho de 2020, foi lançado o WhatsApp Pay, uma nova funcionalidade que permite fazer pagamentos direto pelo aplicativo de conversas instantâneas. O recurso já estava em período de testes desde o início do ano e agora foi colocado em prática.

Para aproveitar a nova funcionalidade, basta fazer a configuração. No entanto, será que vale a pena? Essa é uma boa alternativa para empresas? Quais serão os reais benefícios dessa funcionalidade?

Essas são algumas das perguntas que vamos responder neste artigo. Então, que tal entender melhor como o novo método de pagamentos do WhatsApp funciona?

A evolução do WhatsApp para os pequenos negócios

O WhatsApp é um aplicativo de conversas instantâneas. Com o tempo, agregou vários recursos, como as chamadas de voz, envio de áudio e vídeo, e possibilidade de fazer ligações gratuitas.

Fundada em 2009, a empresa WhatsApp foi vendida para Mark Zuckerberg em 2014. O negócio foi comercializado por 19 bilhões de dólares. Atualmente, o aplicativo já tem mais de 2 bilhões de usuários no mundo. Somente no Brasil, há aproximadamente 130 milhões de pessoas que usam o programa.

Para entender melhor como foi a evolução do WhatsApp, veja os principais momentos da empresa. 

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

Lançamento da versão business

O aplicativo lançou essa nova versão em janeiro de 2018. O foco são as empresas, que podem aproveitar para entrar em contato com os clientes de forma separada ao aplicativo de uso pessoal.

O WhatsApp Business tem recursos extras, que não estão disponíveis na versão para pessoas físicas. Por exemplo, é possível cadastrar a conta em telefones fixos, configurar um perfil público e migrar as conversas antigas.

Uma das principais vantagens é a geração de dados relevantes, como número de mensagens enviadas, lidas, entregues e recebidas. Ainda é possível colocar mais detalhes no perfil, por exemplo:

  • localização;
  • tipo de empresa;
  • descrição;
  • endereço de e-mail;
  • website.

Além disso, existe a possibilidade de configurar respostas automáticas para o período fora do expediente. Basta selecionar os dias e os horários em que o atendimento estará indisponível e escrever a mensagem padrão.

Facilidade na criação de catálogo

O WhatsApp Business também permite criar catálogos de produtos. Assim, você consegue divulgar os itens diretamente nas conversas e aumentar a chance de converter a venda.

Para aproveitar essa funcionalidade, basta acessar as configurações do aplicativo em versão corporativa, clicar na opção “Catálogo” e adicionar as mercadorias ou os serviços.

Depois preencha todas as informações e compartilhe durante as conversas. Com o pagamento pelo WhatsApp, o catálogo se torna uma opção ainda mais interessante.

Integração com plataformas

O objetivo de Mark Zuckerberg é unir os serviços Facebook Messenger, WhatsApp e Instagram Direct, a fim de facilitar a comunicação dos usuários. Dessa forma, será possível enviar e receber mensagens em todos as plataformas sem ser usuário de todas elas.

Para dar certo, o objetivo é aumentar a segurança para que as conversas sejam mais criptografadas e com prazo de expiração. Como resultado, haverá mais privacidade.

A funcionalidade também poderá ser ampliada para os SMS em celulares com sistema operacional Android. No entanto, ainda não há implantação dessa funcionalidade.

O WhatsApp Pay

O novo recurso de pagamentos do WhatsApp começou a funcionar no dia 16 de junho. Disponível para Android e iOS, qualquer usuário de conta pessoais ou comercial poderá enviar e receber dinheiro por meio do Facebook Pay.

Portanto, é uma forma de integração. Vale a pena citar que o Facebook Pay é uma funcionalidade de pagamento ainda sendo lançado no Brasil.

Apesar do WhatsApp Pagamentos já ter sido lançada oficialmente, após o período de testes, ela ainda será disponibilizada aos poucos para os usuários. De toda forma, será possível fazer transferências sem precisar sair da conversa.

Quer entender melhor como funciona? Veja a seguir.

Como funciona?

As operações financeiras ocorrerão diretamente no ambiente de conversas do WhatsApp. Pelo menos por enquanto, haverá um limite de transação. 

Para contas pessoais, será de R$ 1 mil. Por dia, será possível fazer até 20 negociações. No entanto, será impossível ir além de R$ 5 mil por mês.

Para ter acesso ao recurso, é preciso cadastrar um cartão de débito e/ou crédito de uma empresa parceira do Facebook Pay. A vantagem é que não serão cobradas tarifas de uso

Além disso, você terá acesso às informações das operações na aba “Pagamentos”, que está nas configurações do WhatsApp. Ali, também aparecerá o status, que pode ser:

  • solicitado;
  • processando;
  • pendente;
  • efetuado;
  • não efetuado;
  • expirado.

No caso da versão business, não haverá os limites já citados. Por outro lado, será cobrada uma taxa de processamento por vendas. Ela é fixa em 3,99%.

Todas as transações serão registradas no extrato bancário como FBPAY*WA ou FBPAY-WA. Ainda aparecerá o nome de quem recebeu o valor.

Por fim, vale a pena destacar que as formas de pagamento aceitas são os cartões com bandeiras Bisa e Mastercard. Por enquanto, os bancos participantes são Banco do Brasil, Sicredi e Nubank.

Quais são as diferenças para usuários pessoas físicas e empresas?

A primeira questão é o limite estipulado para pessoas físicas. O segundo é a configuração para receber pagamentos pelo WhatsApp Pay. Para isso, é necessário ter acesso ao Facebook Pay e uma conta Cielo.

Além do mais, é necessário fornecer os dados da conta bancária para receber os valores. Caso não tenha o Facebook Pay, basta clicar em “Configurações” no WhatsApp Business. Em seguida, selecione “Pagamentos – Serviços – Facebook Pay”. Aceite os termos de uso e conecte ou crie sua conta Cielo.

Ainda há um processo de verificação da conta bancária, que leve 3 dias, em média. A transferência dos pagamentos é feita em até 2 dias úteis.

A importância do WhatsApp Pay para os negócios

Existem várias vantagens de adotar o novo recurso de pagamentos do aplicativo. As pequenas empresas tendem a ser os mais beneficiadas, já que aumenta a chance de fechar negócios. O motivo é simples: com as transações diretamente pela tela de conversas, há uma possibilidade maior do cliente comprar por impulso.

Você ainda pode pagar fornecedores e visualizar os dados das transferências. É possível ver os status e garantir o acesso ao dinheiro devido à confiabilidade dos parceiros de pagamento do Facebook Pay.

Dentro desse cenário, ainda existem outros benefícios. Confira!

Praticidade

É possível enviar e receber dinheiro sem sair da página de conversas. Após configurado, o sistema fica pronto para realizar a transação financeira. É uma espécie de checkout transparente, que é visto com bons olhos pelos consumidores.

Ao mesmo tempo, você dispensa o uso de outros aplicativos, sem perder a segurança. Os processos se tornam mais simples e menos burocráticos, e seu negócio tem acesso ao dinheiro em um prazo pequeno.

Segurança

Adote o PIN do Facebook Pay para aprovar cada operação de modo individual. Também é possível cadastrar a biometria do celular. Com isso, você deixa de ter receio de realizar as transações financeiras.

Os dados do cartão e da sua conta corporativa ficam protegidos por recursos de criptografia, conforme é exigido pelo padrão de segurança PCI. Ainda são aplicadas diferentes camadas para evitar vazamentos.

Reprodução: Facebook Pay

Agilidade

Fica fácil realizar as operações financeiras com o WhatsApp Pagamentos. Você pode comprar insumos do seu fornecedor e já realizar a transferência para que ele envie os itens com mais rapidez. 

Por outro lado, também recebe os valores dos clientes e deixa de se preocupar com possíveis calotes, que prejudicam sua gestão financeira.

Atuação em mais um canal

Há uma mudança significativa para as pequenas empresas. Com o WhatsApp Pay, o aplicativo se consolida como mais um canal de negócios. Se antes já era importante para a sua estratégia de marketing digital e para fortalecer o relacionamento com os clientes, agora existem ainda mais possibilidades.

Dentro da plataforma, o cliente visualiza o catálogo de produtos, escolha o que deseja e efetua o pagamento sem sair da conversa. Para quem gosta de comprar online e por delivery, essa é uma grande oportunidade de facilitar ainda mais a rotina.

Para a sua empresa, é mais uma chance de gerar conversões. Com isso, o faturamento tende a aumentar e fica mais fácil gerenciar pagamentos e pedidos. Como resultado, você estabelece uma relação mais dinâmica no contato com o cliente e com o seu negócio.

Entenda mais sobre como integrar todas as redes sociais em uma estratégia sensacional no vídeo a seguir.

Integração com a conta corporativa

É estabelecida uma integração contínua com a conta bancária da sua empresa. Isso é necessário para que o dinheiro das vendas seja depositado no prazo determinado. A vantagem é que você nem precisa solicitar essa transferência, como acontece em outros serviços e carteiras digitais.

Apesar de ter apenas 3 instituições financeiras que trabalham com o serviço, é provável que os grandes bancos aceitem participar depois do recurso dar certo. Além disso, a ferramenta está liberada para apenas 1,5 milhão de usuários no Brasil. Em breve, outros também devem ter acesso ao WhatsApp Pay.

Agora que você já entendeu como o novo recurso funciona, que tal saber mais sobre como aproveitar o aplicativo a seu favor? Conheça o WhatsApp Marketing: a nova maneira de fazer negócios.

Você também pode gostar

Deixe um Comentário

Apenas 1 número de WhatsApp, vários atendentes! CONHEÇA O BUME INBOX!