WhatsApp Marketing: a NOVA maneira de fazer negócios
Home ⠀Marketing digital WhatsApp Marketing: a nova maneira de fazer negócios

WhatsApp Marketing: a nova maneira de fazer negócios

Whatsapp Marketing

Quem tem um negócio próprio precisa “se virar nos 30”. É fundamental prospectar clientes de forma contínua para garantir o retorno esperado. Como você já deve saber, as novas tecnologias ajudam muito esse processo — e aqui entra o WhatsApp Marketing.

Para você ter uma ideia, 84,7% dos revendedores brasileiros utilizam essa ferramenta como principal canal de vendas. Qual o motivo para essa decisão? Simples! Os dados deixam claro:

  • taxa de abertura das mensagens próximo a 100%;
  • índice de engajamento com interação perto de 80%.

Esse é só um dos fatores que justifica o crescimento das vendas por esse canal na ViaVarejo. Segundo a organização, o WhatsApp já é responsável por 20% dos negócios fechados das Casas Bahia e do Pontofrio.

Assim, fica claro que o meio pode ser usado desde negócios de pequeno porte até as grandes companhias. Então, que tal ver o que você pode fazer para alavancar os seus resultados? É só ler este post e assumir a sua postura de campeão!

O que é o WhatsApp Marketing?

Ok, é desnecessário explicar o que é o WhatsApp. Você usa todos os dias para conversar com sua família, seus amigos e até fornecedores e parceiros. Mas você já pensou em usar esse meio como estratégia de venda, lançamento e relacionamento?

Essa é a chave do WhatsApp Marketing. Esse termo não se refere a um recurso específico, mas sim a um plano que eleva o alcance da sua marca e permite estreitar as conversas com seus potenciais clientes.

Afinal, não é todo aplicativo que alcança 2 bilhões de usuários no mundo, não é mesmo? A marca foi atingida pelas facilidades da ferramenta. Mais do que isso, as empresas viram nesse canal uma oportunidade para vender, especialmente a partir do lançamento da versão Business.

Com seu início em 2018, o WhatsApp Business permitiu criar contas corporativas. Elas têm recursos exclusivos, que ajudam a implementar sua estratégia de marketing, inclusive local. Por exemplo:

  • inserção de informações empresariais, como endereço, e-mail, site, segmento de atuação e horário de funcionamento;
  • gestão da comunicação com simplicidade, como pelo envio de mensagens automáticas e definição de tags para conversas de clientes. Assim, você identifica em que situação cada um está.
Powered by Rock Convert

É ou não é uma grande ajuda para a sua estratégia de marketing? O WhatsApp ainda permite fechar toda a negociação por esse meio. Basta combinar o envio e pronto!

Em resumo, o marketing no WhatsApp foi impulsionado pela versão Business. Se antes o aplicativo já era usado para interagir com os clientes, depois se tornou indispensável.

Quais são as vantagens de usar o WhatsApp Marketing?

Aplicar sua estratégia de marketing no WhatsApp é a mesma coisa que ter um aliado. Sem recursos financeiros e com o emprego de pouco tempo, você consegue fazer muito. Duvida?

Para começar, o aplicativo é gratuito, inclusive na versão Business. Mais do que isso, ele é difundido entre todas as pessoas, qualquer que seja a classe social ou nível de escolaridade. Com isso, ele é perfeito para iniciar um relacionamento com os leads.

via GIPHY

Outros benefícios ao usar o WhatsApp como estratégia de marketing são:

  • possibilidade de enviar mensagens para diferentes usuários ao mesmo tempo;
  • contato em tempo real;
  • melhoria do suporte ao cliente e do pós-venda, com reforço na opinião do público e, por consequência, da reputação da marca;
  • conversão mais elevada do que outros canais de comunicação;
  • versatilidade, já que é possível enviar mensagens de texto, vídeos, gifs e imagens.

Para reforçar esses dados, é importante citar a pesquisa Mensageria no Brasil 2020. Segundo o levantamento, 76% dos brasileiros usam o WhatsApp para interagir com as marcas. Desse total: 

  • 77% usam o canal para tirar dúvidas e pedir informações;
  • 65% optam por receber suporte técnico;
  • 61% gostam de receber promoções;
  • 54% compram produtos e serviços.

Além disso, apenas 5% das pessoas acham inadequado conversar com marcas pelo WhatsApp. Ou seja, a cada 10 clientes, apenas 0,5 considera ruim. Nem tem como considerar, né? Aliás, a vontade é de perguntar:

via GIPHY

Ainda é possível reformar que 99% dos smartphones têm o WhatsApp instalado, segundo a mesma pesquisa, e 93% das pessoas o acessam todos os dias. Para o restante de 2020, ainda há expectativa de novas funcionalidade.

Uma delas é o WhatsApp Pay. Assim, já haverá um meio de pagamento integrado ao aplicativo. Essa é uma necessidade para 61% dos usuários e deve ser implementado em breve.

Mais um motivo, portanto, para você usar os recursos de marketing do WhatsApp e fechar mais negócios. 😉

Como adicionar o WhatsApp em seus canais de vendas e relacionamento? Veja 7 dicas

O relacionamento com qualquer cliente deve ser pautado pelo respeito. Por isso, mesmo no WhatsApp, a estratégia de marketing precisa ser bem pensada e estruturada. O ideal é sempre ter a aceitação do cliente. Caso contrário, sua ação será invasiva e poderá causar um problema.

Então, o que fazer para agir de maneira certa e ter sucesso na sua estratégia? Confira 7 ideias para usar o WhatsApp Marketing. 

1. Divulgue o link direto para seu WhatsApp nas redes sociais

As outras redes sociais devem oferecer o suporte necessário para esse canal. Por isso, divulgue o link do WhatsApp no máximo de lugares que for possível. Coloque em seu Facebook, Instagram, Google Meu Negócio, Twitter e LinkedIn.

O link pode ser inserido na biografia, nas próprias publicações e em posts específicos contando que o cliente pode fazer perguntas e comprar pelo WhatsApp. Perceba que a ideia, aqui, é fazer a divulgação, mas sem agir de forma invasiva, ok?

via GIPHY

2. Evite invadir o espaço do cliente

O envio de mensagens constante é muito chato, para dizer o mínimo. Ainda que as pessoas interajam com as marcas pelo WhatsApp, esse canal é mais usado para conversar com a família e os amigos.

Ter essa noção é essencial para respeitar o espaço do cliente. Envie as mensagens apenas em situações específicas. Alguns exemplos são:

  • anunciar promoções;
  • informar sobre a chegada ou o lançamento de novos produtos ou serviços;
  • relembrar da renovação de uma assinatura ou da necessidade de continuar determinado tratamento — por exemplo, se você tem uma clínica de estética, pode avisar que a segunda etapa de um procedimento está próxima e que a pessoa precisa marcar a consulta;
  • desejar um feliz aniversário, Natal etc.

Ao fazer isso, você toma o cuidado de entrar em contato com o cliente sem causar problemas. Ao mesmo tempo, deixa claro que está disponível para sanar todas as dúvidas e passar as informações necessárias.

3. Construa um grupo para as pessoas entrarem e saírem livremente

Os usuários devem ter liberdade para entrarem e saírem quando quiserem dos grupos. Esse recurso é uma boa oportunidade para reunir pessoas com interesses comuns e interagir com elas.

No WhatsApp Marketing, os grupos podem ter até 256 usuários. Crie-os e coloque mensagens que façam sentido, sem exagerar. Aproveite para enviar as mensagens já indicadas e responda a todos os questionamentos. A regra é sempre o bom senso.

via GIPHY

4. Transforme o WhatsApp em canal de atendimento

O foco do marketing no WhatsApp é oferecer um atendimento personalizado e exclusivo. É importante mostrar que conhece o cliente e ter sempre respostas imediatas. Por isso, toda mensagem deve ser respondida.

Por outro lado, evite colocar toneladas de conteúdo sem sentido. É melhor fazer um planejamento e definir como deseja se posicionar perante o público.

Mesmo que tenha grupos, opte por fazer algumas interações no privado. Por exemplo, o pós-venda. Assim, você sabe o que o cliente achou do produto ou do serviço e obtém feedbacks para melhorar o atendimento.

Também aproveite para usar todos os recursos do aplicativo, como bate-papo, áudio, e chamadas de voz e de vídeo. Essa é uma forma de ficar ainda mais próximo com o cliente e estreitar o relacionamento com ele.

Por fim, tenha pessoas qualificadas para fazer atendimentos pelo WhatsApp. O marketing precisa ser rápido e preciso, porque o aplicativo é de mensagens instantâneas. Portanto, sua resposta não pode demorar, ok? Ninguém tem paciência para esperar hoje em dia.

5. Nunca faça spam

Os spams levam o usuário para longe, em vez de aproximar o relacionamento. Mensagens indesejadas e/ou inadequadas são uma péssima ideia. Por isso, só entre em contato quando tiver a permissão.

Caso contrário, a pessoa poderá indicar ao WhatsApp que seu número é um spam. Se tiver muitas pessoas fazendo essa ação, o aplicativo fica bloqueado de maneira temporária ou é banido.

Outro fator prejudicial é ultrapassar o limite de mensagens no aplicativo. É permitido enviar até 20 mensagens por segundo. Se ficar acima disso, seu WhatsApp também pode ser bloqueado de modo temporário ou permanente.

via GIPHY

6. Crie listas de transmissão

As mensagens podem ser enviadas para até 256 pessoas de uma só vez. A diferença para o grupo é que a lista de transmissão encaminha cada texto como sendo individual. Isso significa que, se a pessoa quiser continuar a conversa, será respondida diretamente no privado.

A desvantagem da lista de transmissão é que você precisa ter o número salvo na agenda e a pessoa também. Caso contrário, a mensagem não chega.

7. Use o WhatsApp Marketing como plataforma de vendas

Os negócios podem ser fechados de maneira direta pelo aplicativo. Por meio desse canal, é possível receber pedidos de clientes e tirar dúvidas sobre preço, estoque e outras informações.

Como ainda não existe o recurso de pagamento integrado, utilize o WhatsApp para enviar boletos, links para quitação dos valores ou receber o comprovante de transferência/depósito.

De qualquer forma, o WhatsApp Marketing é um recurso excelente para agilizar as negociações e melhorar as vendas na sua empresa. Então, que tal experimentar essas dicas para alavancar seus resultados? Aproveite e use outras redes sociais, como o Instagram, para chegar mais próximo dos seus clientes.

Se gostou dessas dicas e quer receber outras para vender mais na sua empresa, assine a nossa newsletter. Assim, você receberá os conteúdos do blog no seu e-mail e terá acesso a informações em primeira mão.

Você também pode gostar

Deixe um Comentário

EBOOK - Guia da produção de conteúdo para redes sociais Baixe gratuitamente!