Relatório de redes sociais: Veja como construir em passos simples
Home ⠀Gerenciamento de Redes Sociais A nova forma de construir um relatório de redes sociais no século XXI

A nova forma de construir um relatório de redes sociais no século XXI

Relatório de redes sociais

Sabe aquela frase de Lewis Carrol: “Se você não sabe para onde ir, qualquer caminho serve”? É exatamente para evitar essa situação que existem os relatórios de redes sociais. Fundamentais para mostrar a viabilidade da estratégia e os resultados alcançados, eles indicam se o caminho seguido está certo ou requer algum ajuste.

Por exemplo, quando você decide aumentar o faturamento, precisa fazer o número de vendas crescer. Para chegar a esse objetivo, várias ações podem ser adotadas, como:

  • atrair clientes de forma orgânica, que visa ao médio e longo prazos;
  • criar anúncios patrocinados, a fim de chamar a atenção de potenciais compradores mais rapidamente;
  • adotar uma abordagem diferente pelos vendedores, de acordo com as técnicas utilizadas pelo profissional que tem mais sucesso.

Em qualquer um dos casos, você precisa saber em que situação sua estratégia está. É aqui que entram os relatórios das redes sociais. Assim, é possível mensurar as métricas e tomar decisões mais acertadas.

Apesar de todas essas informações, ainda há muito mais a falar sobre esses arquivos. Para entender melhor, neste artigo vamos mostrar como construir o seu de forma eficiente e eficaz. Vamos lá?

Afinal, o que é um relatório de redes sociais?

Segundo o Dicionário Michaelis Online, relatório é uma “exposição por escrito sobre a sequência de um acontecimento qualquer”. Dentro desse contexto e considerando o foco em redes sociais, podemos resumir da seguinte forma: eles ajudam a saber o que acontece na sua empresa.

Baseados em números, os relatórios apresentam os resultados atingidos até o momento. Com isso, permitem melhorar sua estratégia e saber em que cenário seu negócio está inserido. Quando bem-sucedidos, eles sinalizam o sucesso da marca em diferentes âmbitos.

Para serem abrangentes, existem 3 principais tipos de relatórios que podem ser gerados:

  • operacionais: são direcionados à linha de frente da sua estratégia de marketing. São mais usados por especialistas na área, como os gerentes de social media. Um exemplo são as taxas de abertura de campanhas de e-mail;
  • de insight: mostram tendências do momento, respondem a perguntas específicas e incentivam a realização de melhorias em determinada campanha. Servem para os estrategistas de conteúdos, que interpretam os dados operacionais para descobrirem alternativas na estratégia;
  • informativos: contêm números e eventos. Abrangem dados consolidados. Por isso, são usados por executivos da diretoria para ver os resultados da equipe de marketing.

Ainda é importante deixar claro que o relatório de mídias sociais traz estatísticas, ou seja, números. Quando interpretados, eles se transformam em métricas e indicadores de performance.

As métricas consistem em medidas brutas, como quantidades e valores. Por sua vez, os indicadores são medidas calculadas, geralmente, representadas em percentual. Apesar de serem diferentes, ambos têm o propósito de demonstrar se o objetivo estratégico da empresa será alcançado.

Analisar InstagramPowered by Rock Convert

Em quais casos usar o relatório de redes sociais?

As estratégias utilizadas precisam ser embasadas em dados. De nada adianta definir que o objetivo a ser alcançado é aumentar o número de negócios fechados pelas redes sociais sem ter um relatório que comprove se esse propósito foi atingido.

Por isso, os relatórios precisam ser usados sempre. Por meio deles, você identifica quais foram os altos e baixos da sua atividade de mídia social, quais ações deram certo e quais tiveram engajamento menor.

Além disso, é possível ir além e saber como está o atendimento ao cliente, os resultados do seu conteúdo em comparação com a concorrência e mais. Para chegar a esse patamar, o relatório de social media precisa conter algumas métricas relevantes:

Número de seguidores e likes

Os dois dados são relevantes para entender qual é a consciência da marca perante o público-alvo. Apesar disso, nunca devem ser observadas de maneira isolada, já que podem se encaixar no conceito de métricas de vaidade. Em outras palavras, alimentam o ego, mas trazem pouco resultado.

O ideal é acompanhar o total de seguidores e curtidas para saber se a sua estratégia está funcionando e se alguma ação foi ineficiente. Além disso, permite perceber se existe algum período que traz mais resultado.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Número de impressões e alcance

Os dados sinalizam se as pessoas que receberam suas postagens está aumentando ou diminuindo. Com essa visualização, você verifica se os conteúdos estão tendo uma visibilidade maior do que o total de seguidores da página — o que representa possibilidades de novas curtidas.

Mais do que isso, veja o total de pessoas que se envolveram com as postagens. Com esse dado, você verifica como está a sua estratégia com o passar do tempo e se ela precisa ser mudada.

Engajamento

O engajamento é como o compromisso de uma pessoa com a sua publicação. Ele pode ser dividido por postagem, total ou por seguidor. É importante observá-lo, porque ele sinaliza se o conteúdo está adequado ao público e como está a interação com outras pessoas.

Seguidor engajadoPowered by Rock Convert

Principais peças de conteúdo

As postagens com melhores resultados devem ser destacadas no relatório de mídias sociais para ver quais conteúdos são mais bem aceitos pelos seguidores.

Influenciadores e advogados da marca

Os principais influenciadores e contas que interagem com a sua marca também devem ser destacados. Da mesma forma, veja quais seguidores compartilham mais o seu conteúdo. Essas são as pessoas que você deseja alcançar com as suas campanhas. 

Menções e uso de hashtags da marca

O total de menções e hashtags ajuda a reconhecer o alcance e o reconhecimento do seu perfil. Isso sinaliza se o público tem consciência da marca e qual é a reputação em relação aos clientes.

Qual é sua importância para agências e empresas?

Os relatórios de redes sociais são importantes para mostrar como as pessoas reagem em relação às suas postagens. Toda marca tem suas personas. Com as métricas, você identifica se está atingindo esses potenciais clientes.

Mais do que isso, alcança outros benefícios, como:

  • análise de seus resultados mensais, a fim de saber se eles deram certo e traçar novas metas;
  • entendimento do público, a partir das postagens mais relevantes e quais tipos de conteúdo têm melhor aceitação;
  • controle das redes sociais, porque os relatórios apresentam tudo que acontece;
  • redução de erros nas próximas ações, pois você sabe o que tem mais chance de sucesso.

Em resumo, os relatórios para redes sociais são fundamentais para agências e empresas agirem de modo direcionado. Em vez de trabalharem com base em “achismos”, é possível acertar o alvo e alcançar o objetivo com mais facilidade. 

Como criar um relatório interessante? Veja 5 passos

As informações que apresentamos até aqui servem para mostrar o que o relatório deve ter e como ele é importante para o negócio. Agora, vamos mostrar como criar o seu, para que ele seja eficiente. Confira!

1. Conheça as métricas do Instagram

As métricas mudam conforme a empresa e o objetivo a ser alcançado. De toda forma, existem algumas essenciais, como as que apresentamos antes. Na hora de definir a mais relevante, é necessário pensar em qual é seu propósito e se ela prova seu desempenho.

Por exemplo: se você quer aumentar a visibilidade da marca, precisa mensurar número de seguidores, alcance e engajamento. Em um segundo momento, avaliar conversões e tráfego também são importantes, já que demonstram se você alcança as pessoas certas.

Instagram com especialistasPowered by Rock Convert

2. Tenha habilidades na compilação das informações

Os dados precisam ser resumidos para trazerem a informação certa e permitir uma visualização rápida. É necessário ter capacidades analíticas para compilar os dados e transformá-los em gráficos. O conteúdo visual é mais fácil de ser avaliado e diminui o tempo de obtenção de insights. 

3. Tenha um objetivo para esse relatório

A proposta do relatório de mídias sociais é comprovar o sucesso de determinadas ações. Por isso, ele precisa ter um objetivo definido. Caso contrário, entrará nas chamadas métricas de vaidade.

Evite atentar a outros dados. Lembre-se de que, apesar da análise dever ser embasada em números, quando eles estão em excesso, podem confundir mais do que contribuir. Portanto, foque o que é útil para aquele momento e para o alcance de determinado objetivo estratégico, ok?

Para definir essa questão, vale a pena usar a metodologia Measure Compass. Ela prevê 6 possibilidades de alcance dos objetivos de negócio:

  • inovação: colaboração dos clientes ao desenvolvimento de produtos e serviços;
  • saúde da marca: elaboração de ações, atitudes e diálogos promovidos pela marca em suas redes sociais;
  • otimização de marketing: efetividade das iniciativas adotadas;
  • experiência do cliente: otimização do relacionamento com os consumidores e o contato com a marca;
  • eficiência operacional: uso das redes sociais para diminuir os custos operacionais;
  • geração de receita: utilização das mídias para gerar faturamento de forma direta ou indireta.

4. Verifique a necessidade de gráficos

Os gráficos são fundamentais para apresentar os dados de forma clara e simples de entender. Eles podem ser em barra, formato de pizza e qualquer outra alternativa que deixe tudo bastante visível.

Elabore os gráficos com frequência para acompanhar os resultados e a mudança ao longo do tempo. Assim, você consegue comparar, por exemplo, qual foi a evolução durante todo o ano ou nos últimos seis meses.

5. Confira o tipo de mídia a ser apresentado

O relatório das redes sociais pode ser elaborado em diferentes formatos, como PDF, DOC e PPT. A vantagem do primeiro é manter a configuração e gerar um arquivo fechado, que pode ser apresentado em qualquer lugar.

O segundo é elaborado em Word. Ele permite edição e é um dos formatos menos indicados para apresentação geral. Por outro lado, é válido para entregar com os detalhes a gestores.

Por fim, o Power Point gera o PPT, também editável. Ele pode ser apresentado como slide, o que é uma boa alternativa para mostrar os dados e complementar o Word.

Quais ferramentas ajudam a construir o relatório de redes sociais?

Viu as dicas para construir o seu relatório das redes sociais da sua empresa? Agora é preciso conhecer as ferramentas disponíveis para essa finalidade. Elas vão compilar os dados e permitir a apresentação de resultados. Veja quais são as alternativas e as características de cada uma das opções!

Google Analytics

Mostra os resultados das ações adotadas nas mídias sociais. Ele indica várias informações relevantes, como:

  • monitoramento de atribuição, ou seja, como as pessoas chegam ao seu site;
  • tráfego oculto, que ocorre quando um visitante copia a URL e compartilha com os amigos, em vez de clicar no botão de compartilhamento das redes sociais;
  • desempenho das redes sociais, que abrange uma série de dados, como origem das visitações, frequência de acessos, busca dos usuários e se a conversão é realizada;
  • análise de cohort, isto é, uma comparação do que os grupos de consumidores semelhantes adquiriram agora e em outro momento anterior.

Vale a pena integrar os relatórios de mídias sociais com os do Google Analytics para ter uma visão mais completa e detalhada. Assim, você descobre informações específicas do público-alvo, como idade, gênero e localização.

Facebook Insights

É a ferramenta do próprio Facebook que analisa dados sobre consumo, conduta, hábitos e costumes dos seguidores da sua página. Ali, estão apresentadas informações gerais, promoções (para fazer anúncios com o Facebook Ads) e mais:

  • seguidores, ou seja, quantidade de pessoas que recebe as publicações da sua página;
  • curtidas, que mostram quantos usuários curtiram seu perfil;
  • alcance, que sinaliza quantas pessoas visualizaram suas postagens;
  • visualizações da página, isto é, quantas pessoas visitaram seu perfil;
  • ações da página em relação aos CTAs disponíveis;
  • informações sobre publicações para conhecer os melhores resultados;
  • dados sobre eventos para promover a marca;
  • desempenho dos vídeos, para entender o comportamento dos visitantes em relação aos conteúdos visuais;
  • detalhes das pessoas, a fim de fazer uma avaliação demográfica, com gênero, idioma, idade e dados geográficos;
  • mensagens, para saber quantas pessoas entraram em contato com a sua empresa pelo Messenger.

Twitter Analytics

Consiste em uma ferramenta do microblog que apresenta os resultados da rede social. É possível:

  • conhecer melhor a audiência;
  • compreender o tipo de público que mais gosta;
  • avaliar se os anúncios trazem os resultados esperados.

Tudo isso porque são apresentados detalhes dos conteúdos que apresentaram mais engajamento, o total de impressões de cada tweet, a taxa de participação, a quantidade de cliques no link e outros detalhes.

Bume

É uma plataforma de gestão de redes sociais que permite cuidar de Instagram, LinkedIn, Google Meu Negócio e Twitter. Além de permitir as funcionalidades de agendamento, link na bio, captura de leads, gerenciamento de Close Friends e respostas automáticas, gera relatórios para o Instagram.

Com os gráficos e os dados apresentados de forma compilada, é possível saber qual é o melhor post feito e os melhorias dias e horários para publicar. Além disso, é possível comparar o crescimento do seu perfil com o passar do tempo. Assim, você executa todas as suas ações de um lugar único.

Assim, você gera o relatório de redes sociais de que precisa e otimiza seus resultados. De quebra, toma decisões acertadas, que ajudam a alavancar seu perfil e ver os resultados surtirem efeito na monetização.

E você, quer aproveitar e ver como está o seu perfil do Instagram? Use a ferramenta Analisar Instagram do Bume e confira de forma gratuita, apenas colocando seu e-mail e perfil da rede social.

Bume: Absolutamente tudo sobre a ferramentaPowered by Rock Convert

Você também pode gostar

MINI CURSO GRATUITO - Redes Sociais para Micro, Pequenas e Médias empresas: do planejamento a prática Acesse agora mesmo!