Home ⠀Gerenciamento de Redes Sociais Os segredos da produção de conteúdo para redes sociais e dicas essenciais para impulsionar seus resultados

Os segredos da produção de conteúdo para redes sociais e dicas essenciais para impulsionar seus resultados

Produção de conteúdo para redes sociais

Investir na produção de conteúdo para redes sociais é parte essencial para que a sua estratégia no digital seja bem-sucedida. Entretanto, não basta sair colocando as publicações no ar sem fazer um planejamento. Para que você alcance os resultados esperados, precisa entregar valor para a sua audiência.

Mas como isso pode ser feito? É justamente o que vamos tratar neste artigo. Nos próximos tópicos, explicaremos quais atividades são fundamentais na hora de criar bons conteúdos e como elas podem ser executadas. Vamos lá?

Pesquisa sobre os assuntos de interesse do público

Essa é uma das atividades mais importantes de todo o trabalho. Afinal, de nada adianta ter qualidade, investir em imagens bonitas e textos ótimos, se você não consegue atingir o seu público. Então, antes de tudo, é necessário conhecer a sua persona e saber o que ela busca em cada rede social.

A partir daí, você desenvolve a sua estratégia com base em tema que vão chamar a atenção das pessoas, atraí-las, fidelizá-las e até fazer com que elas se tornem clientes. Portanto, antes de ir publicando conteúdos, certifique-se de que eles conversam com a sua persona, em vez de se basear em achismos ou no que você quer abordar, por exemplo.

Criação da brand persona

As pessoas que você pretende alcançar nas redes sociais são a sua buyer persona. Porém, temos outro termo parecido que precisa de atenção: a brand persona. Aqui, estamos falando das características que transmitem uma ideia de como é a personalidade da sua marca. É aqui que você determina a linguagem que vai usar em suas comunicações.

Se você tem um público jovem e descolado, por exemplo, não vai criar um conteúdo que seja cheio de termos técnicos e muita formalidade. Como você deve estar imaginando agora, esse trabalho é totalmente relacionado à criação e conhecimento da sua buyer persona.

Planejamento

Agora, é o momento de começar a colocar a mão na massa. É nesse momento que você começa a fazer um esboço dos conteúdos que pretende postar em cada rede social e como isso será feito. 

O primeiro passo é definir os objetivos que se espera alcançar com a presença online. Com isso, o processo de elaborar o plano de ação se torna mais fácil, uma vez que as atividades serão executadas de forma que levem às metas definidas. 

Também faz parte desse momento escolher em quais redes o seu negócio estará presente. Aqui, o conhecimento a respeito da sua persona se faz necessário mais uma vez. Se o seu público é composto em grande parte por adolescentes e jovens adultos, você já sabe que não poderá deixar o Tik Tok de fora, que tem, em grande parte, pessoas dentro dessas faixas etárias. Abaixo você confere um vídeo para te ajudar a entender melhor sobre esses canais!

É importante destacar que na hora de planejar seus conteúdos, você não foque tanto em publicações voltadas para promover seus produtos e a sua marca. Esse tipo de estratégia pode cansar e até mesmo afastar os seguidores. Sendo assim, pense nas redes sociais como uma maneira de criar relacionamento com as pessoas e siga a regra de Pareto: 80% de posts voltados para encantar, engajar e educar as personas e 20% direcionado para melhorar as vendas.

Criação de um calendário editorial

Quer ter uma boa organização quanto às publicações? Crie um calendário editorial. Por meio dele, você determina em quais datas e horários os seus posts devem ser publicados. Assim, você corre menos risco de esquecer de alguma informação.

É claro que novidades podem surgir de uma hora para outra e você queira publicá-las. Em casos assim, não tem problema fugir da programação. Porém, o ideal é que você tenha consistência quanto à frequência — evitando deixar o perfil sem atualizações por muito tempo.

Esse calendário pode ser modificado a qualquer momento, principalmente ao realizar testes e identificar que determinado horário gera mais engajamento do que aquele que havia sido previsto no planejamento, por exemplo.

Análise de resultados

Depois que você terminou a parte “teórica” e começou a fazer suas publicações, é hora de analisar os resultados e entender se eles estão dentro daquilo que foi definido no planejamento. Com uma conta profissional, você pode contar com dashboards que oferecem diversas informações importantes, como a quantidade de novos visitantes, a localização, os horários de maior pico, entre outras coisas.

Utilize isso para gerar conhecimento e entender quais melhorias você pode fazer para alcançar um desempenho ainda mais satisfatório. Isso também serve para monitorar as mudanças, já que essas métricas vão mostrar o que foi aperfeiçoado (e deu certo) e o que ficou aquém do previsto.

Essa é uma boa oportunidade de realizar testes e ver o que funciona melhor para você, já que não existe receita de bolo quando estamos falando de redes sociais — tudo depende do seu negócio, os conteúdos que são publicados e, principalmente, como o público reage a eles.

Investimento em ferramentas

Há diversas ferramentas que vão ajudar você na produção de conteúdo para redes sociais, como o Facebook Insights e o Google Analytics. Além das que são especialmente voltadas para isso, pode-se contar com outras ferramentas, como o Evernote. Nele, você pode salvar textos, imagens (e outros arquivos) e a ideia é poder fazer anotações rápidas e práticas. Vai que você está bem no meio da rua e não tem nada para registrar aquela boa ideia…

Ainda existem ferramentas voltadas para a gestão das redes sociais. Com ele, você pode agendar postagens, enviar mensagens automáticas, capturar leads e acompanhar relatórios a respeito do desempenho, por exemplo.

Independente das que você escolher para usar no dia a dia, saiba que elas ajudarão a tornar a sua rotina mais organizada e prática, permitindo que você foque no que realmente importa: a produção dos conteúdos, o relacionamento com os clientes e as vendas.

Leitura recomendada:

👉 Bume: o gerenciador de redes sociais ideal para sua estratégia

5 dicas para criar conteúdo no Instagram e os segredos para se destacar na plataforma

Na hora de criar uma estratégia de produção de conteúdo para redes sociais, com certeza tem o Instagram como um de seus canais principais, certo? Essa pergunta, aparentemente simples, tem uma importância enorme para essa rede social. Afinal, ela é focada no visual. Portanto, reservamos um espaço especial para falar mais sobre como criar conteúdo para Instagram para atrair e reter os seguidores.

Sendo a segunda rede social mais usada no Brasil, com 92,5% da população, esse é um canal acertado quando o objetivo é vender. Para isso, é preciso investir no conteúdo certo, que tenha potencial de engajamento e seja condizente com as estratégias adotadas.

Ao ter peças bem produzidas, a chance de fazer novos negócios é maior. É assim que você destaca seu perfil perante a concorrência. O que fazer para alcançar esse patamar? Vamos apresentar os segredos a partir de agora.

1. Adote a estratégia certa

Todas as ações de marketing precisam ser bem pensadas para atingir o objetivo esperado. Com o conteúdo, é a mesma ideia. Trace uma estratégia de sucesso a partir do perfil do seu público-alvo e de sua persona.

Para isso, conheça seus hábitos, preferências, gostos, histórias de vida etc. Entenda que tipo de conteúdo é mais consumido e invista nos assuntos que trazem engajamento.

É aqui que entra o conteúdo relevante. Varie os assuntos e evite a repetição. Foque a relevância pensando nos seus objetivos e determine o melhor formato a usar.

2. Use o Stories

Muito popular, esse recurso precisa ser utilizado sempre. Você pode usar o Stories para mostrar os bastidores, oferecer dicas diferenciadas e criar conteúdos mais engraçados e interativos.

Uma boa dica é criar enquetes. Por meio delas, além de incentivar a interação, você obtém feedbacks. Mais que isso, aposte em gifs, emojis, vídeos, fotos, texto etc.

3. Faça lives

Sim, fazer transmissões ao vivo é uma estratégia que dá muito certo no Instagram. Elas ajudam a engajar o público, porque você pode explicar produtos ou serviços, apresentar testes e o que mais achar interessante.

Observe que, no começo, é normal ter um público pequeno. No entanto, as lives ficam disponíveis na barra de Stories. Por isso, os usuários recebem a notificação assim que entrarem no Instagram.

Você ainda acerta na criação de conteúdo para Instagram ao solicitar que influenciadores e até seguidores participem de suas lives. Isso tende a atrair mais pessoas.

4. Use as hashtags mais importantes para o seu perfil

Se você quer se destacar ao criar conteúdo para Instagram, sabe que precisa usar as hashtags. Pesquise as principais e que estão mais relacionadas ao seu negócio e use nos posts.

Para fazer a busca, vale a pena pesquisar influenciadores digitais e conferir as mais importantes. Confira, ainda, as hashtags usadas pela concorrência e a estrutura do conteúdo em que ela é utilizada para garantir maior precisão.

5. Use as ferramentas certas

Criar conteúdo para Instagram depende de ferramentas corretas para organizar os posts de feeds, Stories e mais. Algumas boas opções são:

  • Inshot: permite editar vídeos direto pelo celular e até colocar efeitos e trilhas sonoras, ajustar a velocidade e a cor etc.;
  • VSCO: profissionaliza a edição do vídeo, pois há ferramentas úteis e já utilizadas em outras soluções, como as da Adobe;
  • Pocket Vídeo: oferece recursos mais modernos de edição e integração com Vine, Instagram, YouTube e Facebook. Ainda permite filmar 10 minutos em HD;
  • Plataforma de gestão: ajuda a gerenciar as publicações e acompanhar os resultados. Além disso, oferece agendamento de publicações e vendas de produtos ou serviços.
Powered by Rock Convert

Com todas essas dicas, você já sabe como criar conteúdo para Instagram de forma relevante e que traz bons resultados. Esses são os segredos para se destacar. Só falta colocar tudo em prática.

Conteúdo exclusivo para assinantes: o novo recurso para lucrar mais na rede social

Quando você cria conteúdos exclusivos para assinantes, consegue gerar uma fonte de receita recorrente, ao mesmo tempo que fortalece a o relacionamento com os clientes e conta com uma base mais fidelizada, caso o que é oferecido realmente agregue valor para quem está contratando.

Além de ser uma grande oportunidades para quem deseja trabalhar com o empreendedorismo digital, com certeza é uma tendência nas redes sociais. A recente atualização do Youtube que permite que criadores cobrem assinatura para acesso ao conteúdo exclusivo ou os teste de monetização do Instagram.

Por isso, essa nova forma de monetizar sua produção  conteúdo para as redes sociais é essencial para abrir uma nova fonte de renda. Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto!

O que é um conteúdo exclusivo para assinantes?

Conteúdo exclusivo para assinantes é aquele que você fornece em um ambiente restrito, em troca de uma mensalidade. Nele, são oferecidos tópicos bem mais aprofundados do que aqueles que são de conhecimento geral e facilmente encontrados na internet.

Isso significa que você precisa oferecer algo a mais para as pessoas que fazem parte dessa lista, de forma que justifique o investimento feito por elas e o conhecimento transmitido tenha determinado valor.

Esse tipo de conteúdo pode ser publicado em formato de texto, imagens e vídeos e, em muitos casos, é comum mesclar dois ou mais modelos nos posts criados.

Como essa estratégia é utilizada?

Tudo depende da área de atuação do seu negócio. Se você trabalha com produção de conteúdo digital, as publicações exclusivas para assinantes podem ser voltadas para um processo de consultoria para negócios ou mentorias para profissionais que estão chegando agora nesse mercado.

Por outro lado, se o seu foco é a venda de produtos, você pode criar uma espécie de clube de assinaturas, no qual os participantes têm acesso a promoções ou produtos exclusivos, por exemplo.

O importante é garantir que as pessoas realmente tenham uma experiência diferenciada das demais em relação ao seu negócio.

Conclusão

Uma produção de conteúdo para redes sociais envolve bastante planejamento e organização. Sem esses dois pilares, dificilmente você conseguirá entregar posts de valor para sua audiência e conseguir os resultados esperados com eles. Portanto, vale a pena dedicar um pouco mais de tempo com essas atividades para só então movimentar os seus perfis.

Você também pode gostar

EBOOK - Guia da produção de conteúdo para redes sociais Baixe gratuitamente!