Home Gerenciamento de Redes Sociais Aprenda tudo sobre marketing nas redes sociais através deste artigo interativo
FacebookTwitterLinkedinWhatsappMessenger

Aprenda tudo sobre marketing nas redes sociais através deste artigo interativo

Marketing nas redes sociais

O universo da comunicação sempre passou por diversas mudanças, muitas delas relacionadas às mídias usadas para transmitir as informações. Dos papiros antigos, evoluindo para o rádio e a onipresente TV, chegamos à era digital. E não há dúvidas de que, o que antes era tendência, hoje se tornou realidade. Facebook, Instagram e Twitter são os meios de comunicação mais acessados do mundo. Nesse cenário, foi inevitável surgir com força total o marketing nas redes sociais.

A prática do marketing sempre existiu. Lado a lado dos primeiros vendedores, ele estava presente nas táticas de argumentação e persuasão usadas para convencer pessoas a se tornarem consumidoras de serviços e produtos. A lógica continua a mesma hoje em dia.

Vemos no cenário digital, cada vez mais empresas direcionando seus investimentos ao marketing digital, contratando agências para elaborar estratégias específicas em busca de eventuais consumidores da sua marca.

Uma pesquisa atual da Social Media Trends, realizada com mais de mil pessoas no Brasil, mostrou que mais de 90% estão presentes e ativas nas Redes Sociais. Esse número beirando os 100% é mais do que suficiente para explicar a importância do marketing nas redes sociais.

Mas não basta criar um perfil e adquirir um endereço virtual para ser encontrado pelo público. A sua presença online merece uma atenção especial para funcionar. Por isso, nossa dica é focar suas ações em dois eixos principais: conteúdo e resultados.

Neste artigo, vamos explorar mais essa questão do marketing nas redes sociais e mostrar alguns pontos fundamentais que precisam de atenção para uma estratégia bem-sucedida. Continue a leitura e confira agora mesmo!

Como fazer o marketing nas redes sociais

Uma boa estratégia de marketing nas redes sociais tem o poder de ampliar o alcance dos seus negócios e tornar a sua marca ainda mais conhecida, chegando até a pessoas que, talvez, em um outro cenário, não saberiam que a sua empresa existe.

Porém, para que tudo isso seja possível, é necessário planejar os objetivos e o caminho que será feito para alcançá-los. A seguir, explicamos melhor como você pode começar a sua estratégia de marketing digital.

Estude a sua persona

O primeiro passo é definir e entender quem é a sua persona. Pense nos seus clientes e nas características que eles têm, como:

  • idade;
  • profissão;
  • cargo;
  • renda;
  • hábitos de compras;
  • interesses;
  • necessidades;
  • hobbies.

Se você não tiver informações suficientes para traçar esse tipo de perfil, vale a pena fazer uma pesquisa com seus compradores. No final das contas, você terá uma representação semi-fictícia de quem são os seus clientes ideais, ou seja, a persona. É possível que você tenha mais de uma, principalmente se lida com produtos diferentes.

Leia também:

👉 Entendendo o novo comportamento do consumidor no século XXI

👉 Como construir uma carreira online?

👉 O que você precisa saber sobre empreendedorismo digital.

Crie um planejamento eficiente

Conhecendo a sua persona, a criação do planejamento se torna mais fácil, uma vez que você saberá exatamente com quem falar, qual será a linguagem utilizada e quais conteúdos são do interesse desse público.

Porém, não é só isso. Um bom planejamento só pode ser construído se você tem objetivos. Portanto, um dos primeiros passos é traçar as metas que você pretende alcançar com as suas estratégias de marketing nas redes sociais. Tome cuidado para que elas estejam de acordo com a realidade do seu negócio. 

Todo mundo quer aumentar o faturamento, porém, não adianta colocar que você vai dobrar o volume de vendas em seis meses, né? Por isso, defina objetivos realistas, mas que, ao mesmo tempo, não sejam tão fáceis de serem cumpridos.

A partir de cada meta, você deve elaborar um plano de ação, indicando quais serão os esforços e os investimentos necessários para alcançá-la. Com isso, você já tem um guia com o descritivo de tudo que precisa ser feito.

Monitore seus concorrentes

Ficar de olho nos seus concorrentes é uma boa ideia para acompanhar os movimentos e as tendências do seu segmento. É claro que isso não significa que você vai pegar uma ideia e fazer algo parecido — e nem deve, visto que produzir conteúdo exclusivo e de qualidade é uma das maiores premissas do marketing.

Nesse caso, você pode estudar os perfis de outras empresas do seu nicho e tentar aprender com elas, como quais estratégias estão dando certo. Feito isso, basta analisar como elas se aplicam às particularidades do seu negócio e as modificações necessárias para que elas fiquem adequadas. O nome dessa prática é benchmarking.

Banner para o EbookPowered by Rock Convert

Invista na produção de conteúdo de qualidade

Com tanta oferta de conteúdo disponível na internet, você precisa pensar e produzir algo de valor para a sua persona. É assim que consegue se destacar e atrair a atenção dos usuários da rede. Entregando conteúdos de qualidade, as chances de conquistar e fidelizar novos seguidores aumentam consideravelmente. Sem contar que isso ajuda o seu perfil a se posicionar como autoridade na internet

Logo, é de suma importância que você dedique um bom tempo planejando as pautas a serem abordadas e garantir que elas sejam mesmo úteis para quem acompanha o seu trabalho.

Analise seus resultados

Para saber se as suas estratégias estão dando certo, você precisa acompanhar as métricas. É por meio delas, que você consegue visualizar o desempenho dos seus perfis no que diz respeito a ganho de seguidores, compartilhamentos, comentários, visualizações, entre outras coisas.

Mesmo que você note que os resultados não estão dentro do esperado mesmo antes de analisar as métricas, é esse tipo de trabalho que vai ajudar a entender quais são os pontos fracos e o que você pode fazer para corrigi-los. É um fluxo que ajuda você a adotar melhorias contínuas, uma vez que o monitoramento e as mudanças são feitos constantemente.

Analisar InstagramPowered by Rock Convert

Faça ajustes quando necessário

Você não precisa se apegar fortemente ao planejamento feito na fase inicial. Por mais que ele sirva como um guia para as suas ações na rede, isso não significa que ele precisa ser seguido à risca ou que não deva ser modificado depois de certo tempo. Por isso, não se apegue tanto ao documento.

Se notar que alguma estratégia não está dando um retorno legal, vale a pena revisar o plano e revisar a meta ou as estratégias que foram definidas inicialmente. Dessa forma, você garante uma gestão eficaz das suas redes sociais.

Variações do marketing em redes sociais

Há uma série de tipos de perfis que podem ser criados nas redes sociais. Cada um tem suas características e particularidades que precisam ser conhecidas e respeitadas, principalmente se você é um profissional de social media e lida com contas de clientes de nichos distintos. Nos tópicos a seguir, mostramos alguns deles.

Pessoal

Aqui, como o próprio nome sugere, é um perfil voltado para publicações de uma rotina pessoal e pode ter qualquer temática, como viagens, culinária, moda, decoração, pets. Em muitos casos, as publicações são alternadas entre essas categorias, deixando a página mais diversificada, com base no gosto e objetivo do proprietário.

Criador de conteúdo

Nesse caso, estamos falando de perfis totalmente voltados para a criação de conteúdos. Pode ser algum canal de tutorial, um Instagram de dicas e mentoria sobre determinado assunto ou um LinkedIn com posts voltados para gestão, negócios, entre outros. Também temos nessa categoria os influenciadores.

Banner cronograma de conteúdo para as redes sociaisPowered by Rock Convert

Empresarial

Empresas, independentemente do porte, podem abrir uma conta e enquadrá-la nessa categoria. Nela, divulgam-se produtos e serviços, a marca e, principalmente, conteúdos educativos e que ajudem a aproximar o relacionamento com os seguidores (e potenciais clientes).

Nesse caso, as redes sociais também acabam se tornando mais um canal de comunicação, no qual o público pode tirar dúvidas, fazer elogios, reclamações e críticas.

Político

Nesse cenário aqui, os perfis podem ser usados como forma de prestação de contas à sociedade, divulgar atualizações sobre projetos e fortalecer a campanha eleitoral, por exemplo. Porém, você precisa conhecer e ter o cuidado de aplicar a legislação específica para as campanhas políticas.

Médico

Médicos e profissionais da saúde também podem ter perfis nas redes sociais. No entanto, o trabalho é mais delicado, pois envolve uma série de regras do CFM que precisam ser seguidas. Entre elas, estão a proibição de fotos de antes e depois e publicações que “comercializem” a prática da medicina (como as de promoções informando valor dos procedimentos).

BannerPowered by Rock Convert

3 estratégias que podem ser aplicadas às redes sociais

Você pode ter diversos objetivos nas redes sociais e pode, até mesmo, definir ações para colocá-los em prática simultaneamente. A seguir, mostramos 3 estratégias que podem ser elaboradas com base em 3 grandes objetivos.

1. Levar mais tráfego para o blog

Se você quer aumentar o tráfego do seu blog e torná-lo mais conhecido, pode usar as suas redes sociais para promovê-lo. Nesse caso, sempre que você quiser divulgar um artigo publicado, basta criar um post nas redes com a mesma temática, fazer uma legenda atrativa e indicar o link para a leitura completa.

No Instagram, isso pode ser feito com um post no feed e o link na bio (ou nos stories, se você tiver a função “Arrasta para cima”. No Facebook, você pode postar o link direto no feed e fazer legenda com um breve descritivo do que o artigo aborda e assim por diante.

2. Vender produtos online

Aqui, a lógica do blog também vale. Você pode divulgar seus produtos por meio de publicações e indicando o link para a página de venda do eu e-commerce ou marketplace. Também existe a opção de usar o recurso de “shopping” para promover os itens diretamente na plataforma. 

No Instagram, é aquele que aparecem bolinhas na imagem e, ao tocar na tela, aparece o nome e o valor. Se você tocar na tag do produto, será redirecionado para o e-commerce. Por isso, nesses casos, é necessário ter uma loja virtual.

Se você ainda não desenvolveu seu site de vendas, pode usar as redes para vender do mesmo jeito. A diferença é que o processo será feito em publicações normais, com a indicação dos produtos e o valor na legenda.

Além disso, você utilizar o Close Friends (sua lista de Melhores Amigos no Instagram) como uma forma de aumentar sua renda no Instagram. Acompanhe no vídeo a seguir.

3. Gerar mais engajamento

Você também pode ter o objetivo de alcançar mais engajamento nas redes sociais, fazendo com que os seguidores comentem, compartilhem mais as publicações, marquem outras pessoas, entre outras coisas. 

Nesses casos, precisa adotar ações como interagir mais com os seguidores nos comentários, responder com rapidez, postar conteúdos autênticos e com uma linguagem própria e criar uma comunidade.

Conteúdo para o Marketing nas Redes Sociais

Vamos supor que você já tenha colocado em ação a criação de um site e seus perfis nas principais redes sociais para o seu negócio. Essa determinação vai ser dada pela pesquisa de quais são as redes utilizadas pelo seu público alvo. Agora é hora de começar para valer o trabalho do marketing nas redes sociais.  A primeira coisa com a qual você precisa se preocupar é o conteúdo que vai postar.

Será preciso cativar e encantar os seguidores com uma identidade visual original e temas relevantes, longe da simplista auto-promoção. Seu conteúdo deve transmitir ideais de vida, sentimentos e humanidade. Os posts vão dar o tom de qual será a percepção dos outros frente à sua empresa. Entenda mais sobre como explorar esse recurso no vídeo a seguir.

Você está no território ideal para promover sua marca e, de forma indireta, atrair sua primeira comunidade de seguidores. Eles vão iniciar a propagação e interação com o seu perfil. A partir disso será possível gerar leads, potenciais clientes e, por fim, converter seu conteúdo em resultados. Essa é a essência do marketing nas redes sociais.

A frequência das postagens também é muito importante para o sucesso do seu perfil. Mas é igualmente essencial se atentar à necessidade de criar relacionamentos com os seus seguidores. O engajamento real acontece quando você está presente para responder aos comentários, mensagens e demais  interações que venham por parte deles.

O bom conteúdo passa por essa personificação e presença online constantes!

Resultados do Marketing nas Redes Sociais

Com um conteúdo arrebatador você começou com o pé direito sua estratégia de marketing digital. Mas as redes sociais pedem um pouco mais do que isso para quem está realmente focado em obter resultados. Vai ser preciso monitorar sua rede, coletar dados, analisar números, saber investir em impulsionamento e gestão das redes sociais para completar as demandas do marketing nas redes sociais.

Mas, calma, não é preciso fazer tudo de uma só vez, e no mercado é possível encontrar profissionais especializados na busca por esses resultados. A ideia é aplicar estratégias como a análise desempenho, testar melhores horários, tópicos e demais peculiaridades do seu conteúdo para replicar o que dá mais certo, otimizando assim os resultados.

Outra parte importante do trabalho do profissional de marketing nas redes sociais acontece na utilização de ferramentas digitais. Elas ajudam a potencializar o alcance da sua estratégia. Uma plataforma de gestão do Instagram, por exemplo, é uma realidade praticada por grande parte das empresas e possibilita um alcance direcionado ao seu público alvo.

Algoritmos e suas mudanças

Você sabia que precisa considerar os algoritmos em suas estratégias de marketing nas redes sociais? Isso porque eles influenciam o alcance das postagens e seus resultados.

Em outras palavras, são eles que definem para quantos e quais usuários suas publicações serão exibidas.

Como funcionam os algoritmos?

Antigamente, tudo aquilo que você postava era exibido em ordem cronológica para os seus seguidores. Assim, seu conteúdo era entregue a todos, e você só dependia da disponibilidade das pessoas em acessar a rede.

No entanto, para melhorar a experiência do usuário, o algoritmo que já era usado no Facebook foi implementado também no Instagram em março de 2018. A partir de então, para que sua publicação seja exibida, ela precisa obedecer a determinadas regras. Veja, a seguir, quais são as mais importantes:

  • grau de proximidade: prioriza familiares e amigos no feed;
  • grau de interação: quanto mais interagirem com suas publicações, mais elas vão ganhar relevância;
  • grau de interesse: tem como base os interesses do usuário registrados anteriormente;
  • tempo da publicação: quanto mais tempo de postagem, mais o conteúdo tende a ficar relevante.

Por que é preciso entender suas mudanças?

Essas regras fazem com que o alcance das suas postagens seja afetado. Por isso, além de desenvolver sua estratégia de marketing, é necessário estar atento às atualizações dos algoritmos. Dessa forma, é possível tomar decisões estratégicas e efetivas para que os seus resultados das suas campanhas não sejam prejudicados. Afinal, uma perda repentina de alcance é muito ruim.

E como elas afetam o marketing nas redes sociais?

Não podemos forjar parentesco com os seguidores, mas podemos criar conteúdo útil, relevante e interessante, capaz de estimular a sua interação. Como vimos, o engajamento é um dos fatores considerados pelos algoritmos. Quanto mais os usuários interagirem com a sua página, mais seu post será considerado relevante. Também é fundamental analisar quais são os horários em que há maior engajamento nas suas publicações, a fim de priorizá-los.

Outra dica é evitar o excesso de publicações. Isso porque, se você não der um tempo para a maturação do seu post e publicar outro em seguida, reduzirá o potencial da postagem anterior. Apesar de sabermos que é preciso testar o funcionamento específico de cada página, aquelas que publicam de 3 a 5 vezes por semana são as que têm um melhor alcance.

Assim, acerte o horário e respeite o tempo entre as publicações para potencializar seu engajamento. Isso é essencial para aumentar ou manter um bom alcance entre seus seguidores e, consequentemente, melhorar seus resultados.

Se você leu até aqui, já sabe que é importante se atentar às regras dos algoritmos para desenvolver bem sua estratégia de marketing nas redes sociais. Dessa forma, você garante seu alcance e seu engajamento nessa plataforma, além de conseguir mais leads e vendas.

Você tinha ideia de que os algoritmos funcionavam assim? Então, fique sempre atento às mudanças e às formas de melhorar o seu engajamento.

Dicas para se dar bem nas principais redes sociais

Sabemos que as redes sociais têm focos diferentes e particularidades que podem ser muito bem-exploradas. Devido a isso, é importante que você tenha estratégias um pouco diferentes. A seguir, mostramos quais são as principais redes sociais e oferecemos dicas de como você pode se dar bem em cada uma.

Facebook

O Facebook é uma das redes mais usadas por aqui. Tanto que, de acordo com dados divulgados em 2019, o Brasil é o terceiro país no mundo com mais usuários na rede, ficando atrás apenas da Índia e dos Estados Unidos.

Nele, você pode publicar conteúdos de diversos formatos, ou seja, texto, imagem vídeo e até aproveitar o recurso de enquete (que pode ser usada para conhecer melhor o seu público). Por falar em usuários, eles estão divididos em diversas faixas etárias. Porém, é a rede que tem a maior concentração de pessoas com idades maiores. Isso significa que você consegue alcançar um público ainda mais amplo, principalmente se a sua segmentação não for muito nichada.

Aproveite as features para ter desempenhos mais satisfatórios e vender mais:

  • páginas para empresas;
  • opção de loja dentro da rede;
  • dashboard que permite analisar o desempenho dos perfis;
  • plataforma para gerar e publicar anúncios.

Instagram

O Instagram já é uma rede social mais visual, com o foco totalmente voltado para a publicação de fotos e vídeos. Apesar de não ser a maior, em termos de quantidade de usuários, ele é a rede social do momento, sendo a segunda mais utilizada, de acordo com a pesquisa Social Media Trends 2019

Nele, é possível criar perfis empresariais e aproveitar recursos específicos, como:

  • deixas informações de contato no perfil, com fácil visualização;
  • colocar link na bio;
  • dashboard de métricas para monitorar os resultados alcançados com as publicações;
  • plataforma para gerar e publicar anúncios.

Além disso, vale destacar que você também pode criar conta para criadores de conteúdo. Nesse caso, você foge do perfil pessoal e do empresarial e tem algo mais relacionado a esse tipo de trabalho (como é o caso de professores, blogueiros, especialistas, entre outros).

Whatsapp

O Whatsapp é a rede usada para a troca instantânea de mensagens e é uma das mais utilizadas no mundo, ao lado do Facebook. Nele, é possível enviar e receber fotos, vídeos, documentos, dados de contatos e localização. O aplicativo é uma plataforma excelente para comunicação e, no caso de empresas, pode se tornar mais um canal de atendimento aos clientes.

Existe o aplicativo Whatsapp Business, específico para perfis empresariais e oferece recursos que não são encontrados no app tradicional. Entre eles, estão:

  • envio de mensagens automáticas;
  • catálogo;
  • informações do negócio (como localização e horários de atendimento).

Twitter

Twitter é a rede social desenvolvida para ser uma espécie de microblog, onde os usuários podem fazer pequenos posts com uma frequência alta. No Brasil, já ultrapassou os 27 milhões de usuários, o que mostra que ele tem grande potencial, principalmente no que diz respeito à proximidade com os seguidores, já que as interações são mais fáceis e rápidas.

Geralmente, é onde as notícias chegam primeiro. Entre as principais características, podemos citar:

  • conversas rápidas;
  • envio de mídias diversificadas, como links, imagens, vídeos, gifs e textos, claro;
  • perfil mais jovial, o que permite uma linguagem mais descontraída.

É possível criar um perfil empresarial, no qual se consegue criar campanhas, monitorar os resultados direto da plataforma e obter suporte da equipe.

Google Meu Negócio

Apesar de não ser uma rede social focada na interação entre os usuários, o Google Meu Negócio é fundamental para as empresas. Nele, você cadastra as informações referentes ao seu negócio, como o nome sugere. Isso ajuda no ranqueamento do buscador e permite que clientes em potencial encontrem a empresa com mais facilidade.

Com ele, você pode:

  • publicar fotos e vídeos;
  • ampliar a sua presença no digital;
  • interagir com os clientes;
  • acompanhar insights da conta.

Ter uma conta no Google Meu Negócio passa uma impressão maior de profissionalismo e transmite mais confiança para os usuários

LinkedIn

Já o LinkedIn é a rede social focada em negócios e networking. Pode ser utilizado tanto para empresas promoverem relações B2B e para profissionais, é excelente para criar uma rede de contatos e se promover — chamando a atenção de recrutadores. Apesar de ser apenas a 7ª rede social mais usada no Brasil, ela vem crescendo a cada ano.

Entre alguns dados que merecem destaque, podemos citar:

  • publicidade mais cara, mas com resultados melhores;
  • permite publicar diversos formatos de conteúdo, como texto, imagens e vídeos;
  • permite criar página empresarial com recursos de criação de página de produtos, adição de links importantes e acompanhamento de insights com métricas importantes.

YouTube

O YouTube tem o foco voltado para a publicação de vídeos, apesar de permitir postagens com texto e foto no feed e oferecer uma espécie de stories. Em 2019, ele ultrapassou o Facebook e se tornou a rede social mais utilizada pelos brasileiros, com o número impressionante de 95% de usuários cadastrados.

Informações que merecem destaque:

  • conta com um público bem diversificado;
  • é ideal para criadores de conteúdo, mas pode ser utilizada para empresas publicarem vídeos institucionais, tutoriais, informativos, entre outros;
  • é um canal do Google;
  • oferece uma página de insights que permite acompanhar o desempenho das publicações.

Pinterest

Apesar de não ser uma rede tão conhecida como as outras, o Pinterest tem caído no gosto das pessoas. Ele é uma rede social totalmente visual, focada em oferecer ideias e inspirações para os usuários sobre os mais variados temas. Estima-se que 98% das pessoas já experimentaram algo que viram por lá.

Ele pode ser um grande aliado da estratégia de marketing digital das empresas, principalmente quando se trata de gerar mais tráfego para blog e sites. Então, se você produz conteúdos relevantes para a sua audiência, já pode considerar manter a presença por lá também.

Além dessas redes citadas, é importante atentar para as tendências e o potencial que elas podem trazer para o seu negócio, se o seu público estiver presente lá. O Tik Tok é uma delas, vista como uma grande promessa para 2020, com um público majoritariamente jovem.

Investir no marketing nas redes sociais é a melhor forma de se aproximar do seu público e cultivar um relacionamento com ele, publicando conteúdos valiosos e promovendo a interação. Indo além, essas plataformas são uma excelente forma de ampliar o seu alcance e conquistar mais seguidores e clientes — o que é fundamental para o crescimento dos negócios.

Gostou deste artigo e quer saber como a rotina de cuidar das suas redes sociais pode ser facilitada? Então, aproveite e conheça o Bume e todas as vantagens que ele proporciona para o seu dia a dia!

Você também pode gostar