Loja virtual no Facebook: a maneira fácil de vender online!
Home ⠀Vendas Online Chegou a sua hora de ter uma loja virtual no Facebook

Chegou a sua hora de ter uma loja virtual no Facebook

Um notebook com a imagem de gráficos e números para representar os resultados de uma loja virtual no Facebook

Com um crescimento esperado de 18% em 2020, vender de forma online é uma atitude urgente. Ainda que você tenha um estabelecimento físico, abrir a sua loja virtual no Facebook é uma necessidade. Afinal, já passou o tempo em que apenas e-commerces tradicionais permitiam a comercialização de produtos e serviços.

Nesse momento, você deve estar pensando: “o Facebook sempre teve essa funcionalidade. Por que divulgar agora?”. Na verdade, o que acontece é que a rede social anunciou a chegada do recurso “Lojas”. É uma novidade, implementada a partir de março de 2020.

Com essa função, é possível ter uma loja nativa personalizada para acesso direto pela rede social ou pelo Instagram. O que acha? Se deseja saber mais, continue lendo este post, porque aqui contamos tudo que você precisa saber. Confira!

Por que ter uma loja virtual no Facebook?

O Brasil fechou 2019 com aproximadamente 90 mil lojas virtuais. O País ainda terminou o mesmo ano com um crescimento de 16% no comércio eletrônico, segundo a 41ª Webshoppers. Em comparação com 2010, o total de negócios fechados quadruplicou.

Em total de faturamento, as lojas virtuais alcançaram R$ 61,9 bilhões. O principal fator para esse resultado foi o aumento no número de pedidos, que teve uma alta de 20,1% e chegou a 148 milhões.

Mais do que isso, houve uma elevação na quantidade de consumidores. O aumento foi de 6%, com 61,8 milhões. Quando contabilizados apenas os novos clientes, chega-se ao resultado de 10,7 milhões, ou seja, 17% do total.

Todos esses dados já demonstram por que você precisa ter uma loja virtual. Agora, se você já vende online e quer saber por que atuar no Facebook, especificamente, saiba que também há muitos fatores.

S-commerce

O chamado social commerce foi criado a partir do uso das redes sociais para vender produtos e serviços. Entre os ganhos ao ter uma loja virtual no Facebook estão:

  • criar a sua loja de forma gratuita mesmo sem ter um e-commerce funcionando;
  • atender o cliente direto na página do perfil;
  • acompanhar todos os dados referentes ao desempenho.

Ainda tem mais. Segundo pesquisa, no primeiro trimestre de 2020, a rede social já tem 2,6 bilhões de usuários ativos mensais. A pesquisa Social Media Trends 2019 indicou que 92,1% dos brasileiros usam o Facebook.

Mais do que esse potencial de vendas, as redes sociais contribuem para agilizar a jornada de compras do consumidor. O benefício é verificado especialmente no acesso orgânico. Para entender por que, basta ver como o processo funciona.

Quando um usuário busca algum produto no Google, vários sites aparecem nos resultados. Como há um grande número de concorrentes, sua loja virtual precisa estar bem posicionada para chamar a atenção.

Para ter uma ideia, um estudo da Hubspot aponta que 75% dos usuários ficam apenas na primeira página de resultados. Caso não encontrem o que procuram, tendem a buscar por outra palavra-chave.

Por isso, muitas empresa investem nos anúncios patrocinados para terem um retorno melhor. Elas estão erradas? Claro que não! Mas é importante mencionar que a mídia paga traz ganhos menos consistentes.

Em outras palavras, você consegue ter retornos rápidos, mas que não se mantêm com o passar do tempo. Para ter resultados sólidos, o melhor é investir nas estratégias orgânicas.

Checklist de isca digitalPowered by Rock Convert

É nesse ponto que o Facebook ajuda. Com ele, o usuário encontra, interage com a marca, faz a sua pesquisa e compra por apenas um aplicativo.

Para complementar, também é possível criar anúncios pelo Facebook Ads. Assim, você tem o melhor dos dois mundos.

Como funciona a loja virtual no Facebook?

O Facebook já permite criar uma loja virtual desde 2017. A diferença é que, desde março de 2020, foram acrescentados novos recursos para você ter seu próprio e-commerce na rede social.

O nome do recurso é “Lojas”. Com ele, escolhe os produtos do catálogo e personaliza a aparência da loja. Assim, trabalha a identidade visual da marca.

O consumidor, por sua vez, encontra a loja pelo perfil da empresa no Facebook ou pelo Instagram. Os Stories e os anúncios também facilitam a busca.

Ao criar a sua loja virtual no Facebook, o usuário vai entrar no perfil e ver o menu “Loja”. Ao acessá-lo, verá toda a coleção, poderá salvar produtos para comprar depois ou fazer o pedido. É importante citar que, como o recurso é recente, ainda há poucas marcas utilizando o recurso. No dia 19 de maio de 2020, mais empresas foram autorizadas a fazer a transição para as Lojas do Facebook.

Aos poucos, mais negócios terão essa oportunidade. Na loja virtual, o Facebook permite vender itens físicos. Não há limitação de quantidade de produtos no catálogo. Ainda é possível personalizar o inventário e se comunicar com os clientes.

Foto: Divulgação

Criação da loja

A loja virtual no Facebook pode ser criada a partir da guia “Loja”, na própria página de perfil da empresa. Se essa opção estiver indisponível, é preciso alterar o modelo para “Compras”.

Nesse caso, basta clicar em “Editar informações da página” no menu à esquerda da sua página. Em seguida, clique em “Modelos e guias”, também à esquerda. Depois, selecione “Editar” e clique no modelo desejado. Então, pressione “Aplicar modelo”.

Com a realização dessa etapa, você terá a guia “Loja”. Clique nela e siga as instruções da tela. Alguns campos serão obrigatórios. Depois de preenchê-los, selecione “Concluir”. Pronto! Os produtos já serão apresentados aos clientes, assim que você adicioná-los.

Na finalização da compra, o cliente digita as informações de pagamento e endereço de entrega. Os dados são armazenados de forma segura pelo Facebook. Assim, ele não precisa inserir tudo de novo na segunda vez.

As compras são finalizadas pela própria plataforma, sem precisar de conexão a outro site. Há parceria com diferentes processadores de pagamento para garantir o pagamento. Os valores são depositados na conta bancária da sua empresa em 8 a 10 dias úteis.

Além disso, os inventários são analisados para ter sua qualidade mantida. O Facebook também avalia as imagens e as descrições de cada produto para ter certeza de sua consistência e boa experiência de compra ao consumidor.

Banner para ecommercePowered by Rock Convert

Outros detalhes

As empresas que já têm um perfil no Instagram ou no Facebook terão sua conversão automática. Para isso, será enviado um e-mail ou uma notificação de que o recurso “Lojas” está disponível.

O próprio Instagram também deverá ter uma ferramenta semelhante, chamada Instagram Shop. A expectativa é a de inclusão de uma nova aba de compras para acessar a loja virtual com um clique.

Por que ter presença na rede social?

Desde o boom das redes sociais, as marcas precisam estar presentes nesses canais para interagir com os clientes e fortalecer sua reputação. Mais do que isso, é uma forma de acompanhá-los e estreitar o relacionamento com eles.

Por meio da loja virtual no Facebook, você aumenta o engajamento com o público-alvo. Por um lado, porque publica com frequência e interage com os comentários e mensagens enviadas. Por outro, porque pode agendar os posts com imagens, textos e vídeos.

Desse modo, além de ter os produtos no seu catálogo virtual, também os divulga por meio das publicações, sempre de acordo com o melhor horário. Para descobrir esses detalhes, você pode analisar os relatórios da própria rede social ou usar ferramentas de gestão específicas, que trazem dados mais específicos.

Como resultado, há mais oportunidades para fechar negócio. Inclusive, a divulgação integrada da loja virtual com o Facebook e o Instagram torna esse alcance mais amplo e conveniente. Da mesma forma, quando fizer anúncios, pode fazer a veiculação direta em suas postagens, o que simplifica o trabalho de disseminação dos conteúdos, dos produtos e dos serviços.

Como alavancar as vendas na loja virtual do Facebook?

Para ter sucesso com o social commerce, algumas boas práticas devem ser usadas. Você já deve saber isso. No entanto, com a nova loja virtual nativa do Facebook, há ainda mais possibilidades. Veja algumas estratégias para melhorar seus resultados.

Use a segmentação

Ao ter um perfil corporativo no Facebook, é possível fazer segmentações de público-alvo. Crie diferentes perfis, de acordo com as suas personas. Essa é uma maneira eficiente de usar a mídia paga a seu favor. Assim, as campanhas chegam apenas para quem tem real interesse.

Crie imagens de qualidade

Por fim, tenha cuidado com as fotos dos produtos. As imagens devem ser de boa qualidade e chamativas. Caso contrário, a chance de vender algo diminui. Por isso, conte com ampla iluminação.

Use também o máximo possível de descrição dos itens e suas qualidades. Assim, terá mais formas de atrair os clientes e fechar mais negócios direto pelo Facebook, com a ajuda da loja virtual.

10 dicas para tirar boas fotos de produtos para redes sociaisPowered by Rock Convert

Invista no bom atendimento

Com a qualidade dos serviços, fica mais fácil fidelizar clientes. Lembre-se de que é necessário apostar em um bom atendimento antes, durante e depois da venda. Mais do que isso, ofereça respostas rápidas às perguntas. Essas práticas ajudam a agregar valor aos seus produtos e serviços comercializados na sua loja virtual do Facebook.

Com essas dicas e a informação da nova loja virtual do Facebook, você já sabe como aproveitar essa ferramenta a seu favor. Então, que tal começar?

Para ter mais sucesso, confira o guia mais completo sobre vendas online que você vai ver. Com ele, você vai aprender a atrair clientes, melhorar as fotos e aplicar as estratégias certas. Aproveite!

Você também pode gostar

Deixe um Comentário

EBOOK - Guia da produção de conteúdo para redes sociais Baixe gratuitamente!