Home Digital Influencer 5 maneiras de fazer curadoria de conteúdo para seu perfil no Instagram
FacebookTwitterLinkedinWhatsappMessenger

5 maneiras de fazer curadoria de conteúdo para seu perfil no Instagram

Quando você cria um página no Instagram, deve optar qual dos modelos deseja seguir: curadoria ou criação de conteúdo. A curadoria de conteúdo é o processo que você precisa realizar para selecionar e disponibilizar conteúdo para seu público. É diferente da criação de conteúdo, que acontece quando você opta por criar o conteúdo, ser o autor do que será publicado. Então, quando você opta por reproduzir conteúdo já disponível na web para o seu público, a curadoria de conteúdo é o processo usado para saber como e quais conteúdos replicar.

Se você tem um perfil no Instagram, esse processo é fundamental para estimular o engajamento do seu público com suas publicações. Afinal, uma curadoria bem feita permite que você leve o melhor conteúdo, o mais relevante e o mais contextualizado possível, fazendo com que seus seguidores se identifiquem e queiram interagir com a sua marca.

Quer saber mais sobre como fazer uma curadoria bem feita? Então, continue lendo esse artigo até o final!

 

Como fazer curadoria de conteúdo?

Esse é um processo mais simples do que a produção de conteúdo, mas, não se engane: é preciso caprichar e isso requer um pouco de tempo dedicado, sim. É importante saber, inclusive, que é mais rico focar em um tema e falar dele de forma consistente e profunda. Ser o mais aprofundado possível é sempre melhor do que falar de vários temas de uma forma rasa.

Como dissemos, consiste em encontrar, compilar e distribuir conteúdo útil, relevante e interessante para o seu público. Só que esse conteúdo deverá ser encontrado em outros artigos ou publicações na internet. Então, requer perícia, atenção e olho crítico.

Isso porque não basta disponibilizar conteúdo de maneira aleatória e ampla de vários assuntos do seu tema. É preciso contextualizar os conteúdos, levar conteúdos que tenham relação com o seu perfil e com o que eles precisam ver. Mesmo que os conteúdos sejam selecionados, priorize aqueles que são qualificados e relevantes para o seu público.

Caso não haja esse cuidado, o seu perfil terá pouca relevância, pouco engajamento e, consequentemente, pouco alcance de público. Assim, não funciona, não é mesmo?

Bem, para facilitarmos mais para ficar mais claro, nós colocamos aqui as etapas desse processo. Veja como desenvolve a curadoria de conteúdo para o seu Instagram.

Passo 1 – Conheça o seu público e suas necessidades

Se você quer ser relevante e interessante, é necessário conhecer bem quem são seus seguidores e entender do que eles precisam para que consiga identificar bem qual é o melhor conteúdo a ser coletado e curado. Sem isso, sua curadoria será inútil.

Passo 2 – Adquira do conteúdo

Depois que você já conhece o seu público, fica possível saber quais são os conteúdos e fontes que mais importam e que vão ajudar em algo. Comece, então a levantar quais são os conteúdos relevantes que seus seguidores querem ver na sua página.

Passo 3 – Armazene e organize

Você deve fazer um trabalho de contextualização e recorte daquilo que mais importa. Então, nem sempre você vai identificar e publicar na sequência. Então, procure fazer os levantamentos, como dissemos na etapa anterior e armazenar os conteúdos de maneira organizada, para facilitar o compartilhamento. Lembre-se de também guardar as referências. Dar créditos, nesse caso, é algo indispensável.

Passo 4 – Distribua o conteúdo

Agora, se organize e veja quais conteúdos serão compartilhados em qual rede social e em que formato. Lembre-se de que cada uma tem sua linguagem e seu objetivo, então, adapte os conteúdos para cada contexto. Falando do Instagram, você vai precisar ter um pouco mais de atenção para o formato, já que é preciso compartilhar uma imagem ou vídeo e o local para links é restrito para os stories, bio e IGTV.

Para conteúdos estritamente textuais ou para compartilhar imediatamente, aproveite para fazer uma chamada via stories, com o link (caso tenha 10 mil ou mais seguidores).

Passo 5 – Monitore

Depois de distribuir o conteúdo, faça o monitoramento de suas páginas. É necessário saber qual é o conteúdo que está fazendo sucesso e qual é o que não está. Também entender se o seu público está engajando. Revise a estratégia se necessário ou aperfeiçoe, para obter melhores resultados.

O monitoramento também deve se estender para o acompanhamento sobre o que a concorrência também está fazendo. Tendo esse acompanhamento, você consegue ver o que funciona para a concorrência e pegar alguns insights!

 

Tipos de curadoria de conteúdo

Agora que você sabe do que se trata, vamos explicar alguns dos tipos de curadoria que podem ser usados por você em sua conta no Instagram. 

Em tempo real

São curadorias que são feitas em tempo real. Isso significa que, no momento em que você vê um conteúdo útil e relevante para o seu público na internet, você compartilha com os seus seguidores. Não trata-se de uma mera replicação de conteúdo, porque estamos falando de uma pessoa influente compartilhando conteúdo. Esse modelo de curadoria tende a ser menos contextualizado e com menor interação por comentários. É uma indicação de conteúdo e é um tipo imediato de curadoria.

Curation hub ou madura 

Esse tipo de curadoria, como o próprio nome diz, já é mais madura, se assim podemos dizer. Ela é o processo que falamos acima, onde há um trabalho mais reflexivo quanto à relevância. Não há imediatismo, há uma seleção caprichada do conteúdo e uma contextualização nas publicações.

Aqui podemos considerar que há a seleção do melhor conteúdo entre os melhores para o público, o que torna o seu conteúdo ainda mais valioso.

 

Ferramentas para curadoria de conteúdo

Você deve estar se perguntando como fazer tudo isso, e pensando que fazer isso manualmente deva ser um sufoco, não é mesmo?

Pois é por isso que colocamos aqui o exemplo de ferramentas que você vai poder usar para otimizar esse processo. Então, você vai poder caprichar gastando menos tempo. Venha ver!

1. Snip.ly

Essa ferramenta ajuda você a manter o vínculo com o seu usuário mesmo que ele vá para o site onde está a informação que você compartilhou. Ele permite que você insira um CTA na página do conteúdo direcionando para alguma página do seu site. 

2. Poket

Essa ferramenta te ajuda muito durante a sua curadoria madura. Ela salva conteúdos que você possa aproveitar futuramente em curadoria. Isso quer dizer que você terá mais autonomia para gerir o seu tempo, já que poderá contar com esse recurso.

3. Scoop.it

Por meio dessa ferramenta você consegue automatizar suas redes sociais criando um calendário para postagens. Isso porque ela faz um verdadeiro apanhado de conteúdos que estão em evidência nas redes sociais e demonstra por um painel para você. Isso ajuda também a ter insights para também produzir conteúdo.

4. Feed.ly

Essa ferramenta também te mostra, de diferentes fontes, quais são os conteúdos que mais estão bombando na rede. Isso é importante para que você também conheça novas fontes, para estarem no seu radar.

5. Buzzsumo

De uma forma ainda mais completa, essa ferramenta monitora quais são os conteúdos que mais estão em evidência. Ele consegue captar textos, imagens, posts em redes sociais e até personalidades (atores, influenciadores). 

Curadoria para o Instagram

O Instagram é uma rede social populosa, com mais de 1 bilhão de usuários ativos e você, certamente está pensando em compartilhar conteúdo por lá.

Dada a relevância da rede, é importante que impacte os seus seguidores, com conteúdos relevantes, claro.

O interessante é que a própria rede facilita a curadoria de conteúdo. Por ela, você também pode usar uma ferramenta: as hashtags e selecionados. Quando você clica na lupa de pesquisa, primeiramente abre uma aba que contém conteúdos considerados relevantes, baseando-se na sua localidade, perfis com os quais você interage e, também, conteúdos que mais te interessam.

Nessa tela e, também nos conteúdos agrupados pelas hashtags, você consegue uma fonte rica de conteúdos próprios para Instagram que você terá a possibilidade de aproveitar.

Você também pode fazer o acompanhamento do desempenho de suas publicações com o auxílio de uma ferramenta de gerenciamento para o Instagram que também permite que você faça agendamento de posts e interaja mais efetivamente com o seu público.

Essa ferramenta também te ajuda a ver se os seguidores dos concorrentes ou das suas referências estão aderindo ao seu conteúdo e seguindo o seu perfil.

 

Conclusão

Conforme foi possível compreendermos, a curadoria de conteúdo deve ser bem feita, planejada e, já que não estamos falando de conteúdos inéditos, você precisa ser ainda mais crítico para avaliar o que importa para o seu seguidor. Arriscamo-nos a dizer que, mesmo quem opta por criar o próprio conteúdo deva recorrer à curadoria em algum momento, até mesmo para reconhecer bons trabalhos da área e reforçar parcerias.

Outra coisa que pudemos ver também é que você também pode ter um perfil de sucesso no Instagram usando conteúdos de sua curadoria. O que importa é não se esquecer de colocar suas referências na postagem e de ser útil sempre.

Além disso, também vimos que as hashtags também o ajudam a encontrar artigos e demais conteúdos relevantes. No entanto, você também pode ser encontrado por novos seguidores e demais pessoas interessadas em seu trabalho por meio delas.

Por isso, se você quiser entender melhor como usar da melhor maneira, saiba agora como usar as melhores hashtags no Instagram para crescer o seu perfil

 

Você também pode gostar

Deixe um Comentário