Autoridade Digital: Um guia definitivo sobre o assunto
Home ⠀Marketing digital Entenda de uma vez por todas como se tornar uma autoridade digital

Entenda de uma vez por todas como se tornar uma autoridade digital

Autoridade Digital

Para toda marca, é fundamental trabalhar a autoridade digital. Você pode ter uma empresa ou trabalhar como afiliado ou influenciador. Em qualquer um desses casos, é importante ser visto como especialista, uma referência no assunto.

A prática é válida para qualquer canal social. Afinal, seja no site, seja no blog ou nas redes sociais, a autoridade gera relevância. Com isso, você conquista mais seguidores e tem um potencial maior de engajamento.

Da mesma forma, há uma chance maior de fechar negócios, que podem ser a venda de produtos ou a prestação de serviços. A questão é que, para chegar a esse patamar, é preciso monetizar.

Se você quer saber mais se tornar uma autoridade digital e ganhar dinheiro com isso, acompanhe a leitura!

Afinal, o que é autoridade digital?

Autoridade digital é toda marca empresarial ou pessoa que é tida como referência para determinado assunto. O nível de abrangência vária conforme os assuntos vão sendo abordados, mas as pessoas que seguem essas marcas entendem que elas sabem do que dizem e por isso merecem seu respeito.  

A autoridade ajuda em processo de aumento de renda, mas uma coisa nem sempre leva à outra. Por quê? O motivo é simples: quando você só tem autoridade e tem dificuldades para trabalhá-la, os seguidores não vão gerar resultados econômicos positivos.

Como aliar uma coisa à outra? A seguir, você vai entender quais são os passos para ganhar dinheiro, como os produtores e influenciadores usam sua autoridade e quais ferramentas ajudam a monetizar e alcançar melhores resultados.

Como se tornar autoridade digital?

É bem provável que você já tenha visto pessoas ganhando muito dinheiro com a internet. Talvez você já tenha alguma renda, mas quer saber como ganhar mais. Afinal, o propósito de trabalhar de casa atrai milhares de pessoas.

Pelo menos, esse é o sonho de 49% dos brasileiros, segundo pesquisa que verificou o hábito de trabalho da população. Para isso, você precisa conquistar uma remuneração favorável.

A autoridade já ajuda nesse processo. Quando você ou sua marca se torna uma referência, fica mais fácil vender produtos ou serviços.

No entanto, ainda existem algumas boas práticas que contribuem para esse resultado. A seguir, listamos as principais para você saber como começar seu processo de busca pela autoridade digital. Confira! 

Defina um nicho de atuação

Ser generalista é um “tiro no pé” para quem quer formar autoridade, ganhar relevância e ter uma boa remuneração na internet. Por isso, o primeiro passo é definir em qual nicho você vai atuar. A partir dessa escolha, todas as suas ações serão direcionadas.

Aqui, você deve considerar vários critérios. O principal é saber em quais áreas seus conhecimentos são aprofundados. Por exemplo, imagine que você deseja vender e-book, um dos tipos de infoprodutos.

Você pode escrever sobre vários assuntos. No entanto, provavelmente terá dificuldade de produzir sobre história se os seus conhecimentos são na área nutricional, certo? Perceba que você não precisa ser graduado naquele nicho, mas deve ser uma referência perante seus seguidores.

Além disso, pense se o nicho é lucrativo. Todos eles têm potencial, mas costuma ser mais fácil ter retorno quando a área já comprovou seu potencial e tem várias pessoas comprando o produto ou o serviço.

É o caso de maquiagem, finanças pessoais, moda e outros setores que chamam a atenção. Por outro lado, perceba que esses nichos têm uma maior concorrência. Portanto, a autoridade digital precisa ser bem trabalhada.

Identifique seu objetivo

É claro que o seu intuito é se tornar uma autoridade digital e com isso ganhar dinheiro, mas é importante ter propósitos maiores para seu trabalho. Seu objetivo é ajudar as pessoas? É contribuir para a melhoria da autoestima? É colocar em prática o que sempre sonhou?

Quando você analisa os fatores que fazem você trabalhar, fica mais fácil conquistar a  relevância. Você também se conecta com os seguidores e descobre o tipo de conteúdo que eles desejam consumir ou de produto que querem comprar.

Escolha um produto ou um serviço

Defina o que você vai comercializar e garanta que os produtos ou os serviços tenham qualidade. Lembre-se de que a autoridade digital precisa ser mantida e a insatisfação do cliente pode prejudicar os seus resultados.

Isso inclui o conteúdo que você está publicando, ele precisa ser de qualidade e você precisa convence-los que ele é o melhor.

50 tipos de produtos para vender onlinePowered by Rock Convert

Crie um blog

Ter o seu perfil nas redes sociais é bastante útil, mas complementar com um blog também é importante. O motivo é criar conteúdo relevante para engajar ainda mais seus seguidores e se tornar uma referência maior.

Nele, você também oferece conteúdos gratuitos, que incentivam os seguidores a conhecerem mais. Assim, se você é um influenciador, pode oferecer materiais exclusivos para alguns seguidores específicos.

Posicione-se no mercado

Coloque-se como um especialista desde o começo. Mostre suas capacidades, cursos que tenha feito relacionados ao seu nicho de atuação e ganhe autoridade. Essa é uma maneira de ganhar relevância, destacar-se da concorrência e atrair possíveis investidores.

Por exemplo, se você for um produtor de conteúdo especializado em nutrição, pode criar vários materiais digitais sobre o assunto. Pode oferecer dicas sobre alimentação saudável, dietas, perda de peso, restrições alimentares etc.

A partir disso, pode firmar parcerias com empresas especializadas do setor, como Mundo Verde, Seletti e DNA Natural. Aqui, você já consegue monetizar por se tornar uma espécie de propaganda do negócio.

Ainda pode ir além. Nesse exemplo, poderia fazer negócios com personalidades e empresas do mundo fitness, a fim de criar produtos específicos para a união dos dois nichos. 

É o caso de usar um influenciador, como a Gabriella Pugliesi ou a Michelle Franzoni, para conseguir seguidores e compartilhar conhecimento. Assim, consegue monetizar ao tornar seu perfil mais conhecido e criar promoções diferenciadas.

Eles também podem fazer parte de marketplace de conteúdo que vai trazer mais visibilidade ao seu perfil. Entenda mais no vídeo a seguir.

Use o Close Friends

Mencionamos o gestor de Melhores Amigos no vídeo acima e agora vamos te explicar melhor essa estratégia. Utilizar o recurso de Melhores Amigos do Instagram é essencial para quem deseja monetizar na internet. A ideia é simples: você cria uma lista de seguidores e oferece conteúdos personalizados.

Você pode fazer isso de forma gratuita, mas a principal possibilidade é usar o Close Friends como uma lista de assinaturas. Ao cobrar para as pessoas consumirem seus conteúdos, você se torna ainda mais relevante e fortalece sua autoridade.

Isso é o que muitos influenciadores já fazem. Eles continuam vendendo cursos, infoprodutos e outros materiais. No entanto, o Close Friends tem uma ideia diferente, quase um acompanhamento diário com os seguidores.

Dessa forma, as pessoas se sentem inclinadas a fechar a parceria, a fim de terem essa mentoria especializada. Com isso, você aumenta ainda mais as possibilidades de ganhar dinheiro.

Com essas informações, você já tem uma ideia do que deve fazer para melhorar sua monetização. Ainda assim, os exemplos ajudam a deixar tudo mais tangível, não é mesmo? Por isso, vamos apresentar alguns exemplos de como os produtos utilizam sua autoridade. Veja o vídeo a seguir e continue lendo nosso artigo que tem muitas dicas boas!

O que as pessoas estão fazendo para se tornarem uma autoridade digital?

A ideia dos produtores de conteúdo é gerar receita recorrente para terem uma remuneração constante. As redes sociais são boas ferramentas para esse resultado, porque garantem aproximação com o público-alvo e trazem engajamento.

No entanto, é preciso utilizar todos os recursos disponibilizados. Caso contrário, você terá dificuldades de monetizar, até mesmo porque os seguidores exigem esse cuidado. Algumas boas dicas são:

  • usar posts patrocinados, para criar conteúdos específicos para atrair mais usuários e oferecer assuntos para uma audiência segmentada;
  • apostar no marketing de afiliados, a fim de divulgar os infoprodutos nas redes sociais e ter mais consumidores potenciais;
  • ter uma loja própria no Instagram Shopping, o que permite fechar as negociações direto pela plataforma.

Outra possibilidade que já indicamos é o Close Friends. Por meio dessa ferramenta, você entrega conteúdos exclusivos, que atendem a uma parcela específica de seguidores que vai contribuir para sua autoridade digital. Para isso, você pode cobrar uma assinatura, como muitos influenciadores fazem.

Assim, eles vendem o conteúdo oferecido pela lista de Melhores Amigos, além de cursos e outros materiais. Dentro dessa categoria, você pode, por exemplo:

  • produzir um curso pelo Stories, que permite usar vídeos, fotos e outros tipos de imagens;
  • oferecer consultoria, a fim de fazer um acompanhamento próximo e entregar um conteúdo que agrega valor;
  • fazer curadoria de outros conteúdos, com o objetivo de indicar as melhores opções dentro daquele nicho de atuação.

Essas são as alternativas trabalhadas por muitos produtores de conteúdo. Veja alguns cases de sucesso e como trabalham a monetização a partir de sua autoridade digital.

Raiam Santos

O influenciador foi um dos primeiros a usar o recurso Close Friends e a cobrar uma assinatura. Isso porque ele já usava as redes sociais, inclusive o Instagram, para divulgar seus produtos e ganhar dinheiro.

Com o Close Friends, viu uma nova oportunidade. Logo no início da ferramenta, informou que faria publicações diferenciadas para quem pagasse uma assinatura no valor de R$ 400 ao ano

Segundo ele, logo no primeiro dia, conseguiu R$ 40 mil. O motivo foi simples: ele já havia uma audiência engajada e tinha autoridade.

A partir disso, a lista de Melhores Amigos aumentou. Com quase mil participantes, a assinatura chega a R$ 3 mil por ano. Ainda assim, haveria espaço para crescer, já que, só no Instagram, ele tem mais de 1,2 milhão de seguidores. Raiam oferece dicas de marketing digital e para monetizar na internet.

André Pilli

O youtuber também atua no Instagram e fala sobre cultura pop, viagens e produções audiovisuais. Sempre explorou bastante os vídeos. Por isso, a possibilidade de trabalhar com o Close Friends veio a calhar.

Ele tem mais de 440 mil inscritos no YouTube e 160 mil seguidores no Instagram. Desde antes do Close Friends, seus vídeos já tinham chamado a atenção de grandes marcas, como Land Rover, Amazon, Sony e HP. Com elas, já havia firmado parcerias rentáveis.

A partir do Melhores Amigos, viu mais uma possibilidade para monetizar. Ele cobra R$ 24,90 por mês de mais de 500 assinantes. O foco, nesse caso, é o empreendedorismo.

Close FriendsPowered by Rock Convert

Lu Levy

A cobrança é mais modesta do que a dos outros participantes do Close Friends, mas nem por isso Lu Levy entrega um conteúdo de menor valor agregado. Com R$ 9,99 por mês, os seguidores exclusivos descobrem segredos e novidades do Instagram.

Ela é influenciadora por excelência. Em seu site, tem link para o blog, que ainda está sendo trabalhado, e uma loja virtual com produtos diferenciados, inclusive presets, ou seja, filtros rápidos de edição.

Ela ainda oferece mentoria o curso #30parabombar, que mostra o que você precisa fazer para conseguir engajamento e ter mais seguidores no Instagram com apenas 30 minutos por dia por 30 dias.

Com o Close Friends, ela aumentou sua relevância, porque oferece conteúdos de nicho e com valor agregado.

Camila Coutinho

A influenciadora estudou Design e começou sua carreira aos 18 anos. Criou um blog de moda, mas nem esperava que chegaria aonde está. Com mais de 2,3 milhões de seguidores no Instagram e mais de 1 milhão de visualizações por mês no blog, ela já lançou um livro e é considerada uma das principais referências desse nicho no País.

Além de todas as atividades já realizadas, também investe no Close Friends. Porém, ela não cobra assinatura. Apesar de monetizar de forma indireta, o que Camila Coutinho faz é premiar os seguidores mais engajados.

Para fazer parte da lista exclusiva, é preciso curtir, comentar e compartilhar as publicações do Instagram e do Facebook, além de matérias do blog. Aqui, Camila fortalece sua reputação e engajamento, até mesmo porque solicita sugestões de pautas dos clientes.

Agora que você viu alguns cases de sucesso e entendeu que pode complementar a produção de conteúdo para ganhar ainda mais dinheiro, é possível passar para a próxima etapa: as ferramentas que ajudam a monetizar. Então, que tal conferir?  

Kit guru de Close FriendsPowered by Rock Convert

Quais são as ferramentas interessantes para monetizar sua autoridade?

A venda da sua autoridade digital para ganhar dinheiro depende de usar as ferramentas certas. Com elas, é possível trabalhar diferentes aspectos, que vão desde a edição das imagens até o acompanhamento de métricas e resultados.

Portanto, se você quer monetizar e se profissionalizar ainda mais, precisa conhecer algumas opções que estão à sua disposição. É o que vamos fazer a partir de agora.

Squid

A plataforma de marketing com digital influencers, como se autodenomina, trabalha com o marketing de influência. Conecta influenciadores e criadores de conteúdo às marcas que buscam pessoas especializadas em seus nichos.

A sacada da Squid é usar o machine learning embutido na plataforma para identificar, recrutar e gerenciar influenciadores digitais. Desse modo, as empresas encontram o profissional de que precisam e conseguem melhorar os resultados das suas campanhas.

Para os influencers, essa é a oportunidade de se colocar mais uma vez como referência e vender sua autoridade. Com as parcerias, além de monetizar, você se torna ainda mais conhecido — e é aqui que a roda gira, já que o profissional precisa de notoriedade para aumentar seus ganhos.

Upfluence

O foco é encontrar influenciadores para as marcas, mas o modelo implementado é o self-service. O custo costuma ser mais baixo do que o da concorrência, mas ainda assim há clientes de peso.

Com a plataforma Upfluence, você ainda gerencia os influenciadores e tem acesso aos dados pessoais deles. Para ter uma ideia, mais de 500 milhões de itens de conteúdo são indexados pelo algoritmo para uma análise precisa. Desse modo, é possível ter mais alcance e engajamento.

VSCO

O editor de imagens é um dos mais completos para dispositivos móveis e funciona em Android e iOS. É um dos mais requisitados pelos influenciadores, porque tem vários filtros que melhoram o resultado das imagens.

O VSCO tem um plano gratuito e outro pago. O primeiro oferece alguns presets básicos e ferramentas de edição padrão. O segundo tem mais de 200 presets, recursos avançados e ferramentas voltadas para vídeo.

Por isso, muitos influencers acreditam que vale a pena pagar a assinatura do aplicativo. Você ainda pode usar por 7 dias grátis para testar a ferramenta.

10 dicas para tirar boas fotos de produtos para redes sociaisPowered by Rock Convert

Bume

A plataforma de gerenciamento de redes sociais é utilizada por marcas que desejam fazer o acompanhamento de relatórios, criar landing pages e gerenciar links. No entanto, influenciadores também utilizam, porque o Bume oferece uma ferramenta específica para a monetização com o Melhores Amigos.

O gerenciador de Close Friends permite organizar a lista de pessoas e controlar quem terá acesso a ela. O conteúdo exclusivo pode ser comercializado e os clientes são adicionados em até 2 minutos depois da confirmação do pagamento.

Essa é a primeira plataforma do mundo a oferecer a possibilidade de gerenciar assinaturas do Close Friends. De quebra, ainda traz um marketplace exclusivo para o recurso do Instagram. Ali, seu perfil ficará disponível para marcas e seguidores. O resultado é o aumento da sua visibilidade e das vendas.

Como ficou claro, todas essas ferramentas ajudam a alcançar seu propósito: consolidar sua autoridade e ganhar dinheiro. Agora só falta você seguir as dicas deste material e fazer como os influenciadores que apresentamos. Então, que tal começar?

Conclusão

Ao longo deste conteúdo, você viu que ganhar autoridade digital é importante, mas é preciso de mais que isso para monetizar. É fundamental manter sua relevância e descobrir formas de ganhar dinheiro. Caso contrário, todo seu esforço poderá ser em vão.

Encontrar o segredo para se destacar é o recomendado. Para isso, siga as dicas que passamos neste material. Ao cumpri-las, você terá mais chance de sucesso por se destacar da concorrência.

E você, já tem interesse em seguir as sugestões? Converse com um especialista do Bume e entenda melhor como usar o Melhores Amigos do Instagram de forma profissional.

Você também pode gostar

MINI CURSO GRATUITO - Redes Sociais para Micro, Pequenas e Médias empresas: do planejamento a prática Acesse agora mesmo!